Motorista morre na hora, no acidente em Mie

O acidente ocorreu na rodovia 23 e a motorista do veículo kei morreu na hora. Saiba mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O veículo kei bateu de frente com caminhão na rodovia 23 (CTV)

Por volta de meia-noite e meia, na virada para quarta-feira (19) ocorreu um grave acidente na rodovia nacional 23, em Tsu (Mie). Um veículo kei bateu de frente com um caminhão.

Publicidade

A motorista de 19 anos, arubaito, residente na cidade, morreu em decorrência das fortes lesões no corpo.

Segundo a polícia o motorista do caminhão, de 47 anos, teve ferimento considerado leve nas mãos.

Os policiais analisam que a motorista tenha saído da pista, entrando na oposta, o que causou o acidente. A análise foi feita pelas marcas dos pneus no asfalto.

As autoridades estão apurando detalhes das circunstâncias do acidente. Os nomes das vítimas não foram revelados.

A motorista morreu pelas fortes lesões: o estado do carro mostra a violência da batida (CTV)

Fonte e fotos: CTV

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

A cada 5 segundos 1 criança morre no mundo, segundo a Unicef

Publicado em 19 de setembro de 2018, em Notícias do Mundo

Elas morreram em decorrência de falta de vacinas e de água limpa, além de falta de saneamento básico e disponibilidade de alimentos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Pequeninos morrem de fome por falta de vacina e saneamento básico: 1 a cada 5 segundos (Pixabay)

De acordo com o relatório divulgado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância-Unicef e Organização Mundial da Saúde-OMS, 5,4 milhões de crianças com idade inferior a 5 anos morreram no mundo em 2017.

Publicidade

Segundo o relatório, a cada 5 segundos, uma criança com menos de 15 anos não sobrevive a doenças, violência ou acidentes no mundo. No total foram 6,3 milhões, os quais poderiam ter sido salvas.

Cerca de 80% são de países como Congo, Nigéria, regiões do deserto da África, além de outros países como Índia e Paquistão.

Nesses países, morrem precocemente por pneumonia ou diarréia, ocasionadas por falta de saneamento, má nutrição ou por doenças infecciosas como a malária.

“Soluções médicas fáceis, água limpa, eletricidade e vacinas podem mudar a vida de muita gente”, afirmou Laurence Chandy, diretora de pesquisa da Unicef. Ela chama atenção para as autoridades internacionais. Segundo seu levantamento, sem uma ação urgente, 56 milhões de crianças vão morrer até 2030.

O número de crianças que morrem com menos de 5 anos de idade caiu para menos da metade em relação a 1990, aponta a Unicef. Mas ainda é necessária propagação da erradicação da pobreza e importância da educação, além de assistência médica. A Unicef pede mais apoio da comunidade internacional.

Fonte: NHK Foto: Pixabay

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância