Apple deve baixar preço do iPhone com a queda nas vendas

Tim Cook indicou que poderá baixar os preços do iPhone em alguns lugares em uma tentativa de impulsionar as vendas, que estão em queda.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Vendas do iPhone tiveram queda de 15% em seu último trimestre financeiro (ilustrativa/banco de imagens)

O CEO da Apple Tim Cook indicou que poderá baixar os preços do iPhone em alguns lugares em uma tentativa de impulsionar as vendas, que estão em queda.

Publicidade

As receitas com a venda do iPhone, responsável pelos maiores ganhos da empresa, caíram 15% em seu último trimestre financeiro.

No geral, o lucro da empresa teve queda de 5% ante o ano anterior para cerca de 84,3 bilhões de dólares.

A desaceleração vinha sendo esperada após a gigante da tecnologia ter alertado os investidores no início de janeiro que os lucros seriam de cerca de 84 bilhões de dólares, menos que o esperado.

A empresa atribuiu a queda nas vendas parcialmente a uma desaceleração econômica na China.

Contudo, Tim Cook disse que os clientes também estavam sofrendo com os altos preços aplicados pela empresa.

Ele disse que um dólar forte, que torna os produtos comparativamente mais caros, havia prejudicado as vendas nos mercados emergentes.

Cook disse que a Apple havia começado neste mês a reavaliar os preços de seus smartphones para blindar os clientes do impacto das flutuações monetárias.

Por região, de acordo com reportagem da NHK, o maior declínio nas vendas foi na China, 27%. No Japão as vendas tiveram queda de 5%.

Fonte: BBC, NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Limite de velocidade em 2 vias expressas subirá para 120Km/h

Publicado em 31 de janeiro de 2019, em Sociedade

Os novos limites serão aplicados em trechos da Shin-Tomei Expressway na província de Shizuoka, e na Tohoku Expressway na província de Iwate. Saiba mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Os novos limites serão aplicados em trechos da Shin-Tomei em Shizuoka e na Tohoku na província de Iwate (FNN Prime)

A Agência Nacional de Polícia aumentará para 120Km/h o limite de velocidade em trechos de duas vias expressas no mês de março, em caráter experimental.

Publicidade

Os novos limites serão aplicados em trechos da Shin-Tomei Expressway na província de Shizuoka, central do Japão, e na Tohoku Expressway na província de Iwate, nordeste do país.

A primeira via expressa foi inaugurada no Japão em 1963 e, desde então, o limite de velocidade foi mantido a 100Km/h.

No ano de 2017, em caráter experimental, a agência da polícia aumentou para 110Km/h o limite de velocidade em um trecho de 50Km na Shin-Tomei e em um outro de cerca de 27Km na Tohoku.

A agência pesquisou o número de acidentes no tráfego que provocaram ferimento ou mortes que ocorreram nos trechos no ano após a mudança.

A pesquisa mostrou que o número de acidentes foi de 10, queda de 8 em comparação ao ano anterior.

A agência também constatou pequena mudança na velocidade média de veículos nos trechos. Ela concluiu que em termos de segurança no trânsito não houve obstáculo específico para aumentar os limites.

Ela decidiu aumentar os limites para 120Km/h, a base para o design das vias expressas em termos de segurança em estradas.

A agência planeja manter os novos limites em vigor por pelo menos um ano, examinar os resultados do experimento e decidir se realizará a mesma medida em outras vias expressas.

O limite de 120Km/h será aplicado no trecho entre a Shin-Shizuoka IC e a Morioka Kakegawa IC na Shin-Tomei e entre  a Hanamaki-Minami IC e a Morioka-Minami IC na Tohoku.

No entanto, esse novo limite de velocidade é aplicável somente aos carros de passeio. Os caminhões deverão continuar a respeitar o limite de 80Km/h.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância