Miyazaki sob vigilância: chuva torrencial de mais de 500mm

As nuvens da chuva que castigou a região de Kyushu, especialmente Kagoshima e Miyazaki, com 500mm, se movem para Tokai e Kanto.

Cidade de Kushima (Miyazaki) teve ordem de evacuação por conta da enchente (JNN)

O sul da região de Kyushu teve chuva torrencial e há locais onde o índice pluviométrico passou de 570mm no fim de semana.

Publicidade

Em Miyazaki cerca de 2,4 mil pessoas de 1.316 famílias receberam ordem de evacuação. A situação requer vigilância, pois há possibilidade de enchentes e também de deslizamentos. Na província as vias expressa foram bloqueadas temporariamente para tráfego e companhia de trem JR teve que suspender a operação no domingo para segunda-feira (21) de manhã.

Embora o pico da chuva torrencial tenha passado na região sul de Kyushu, os residentes devem ficar atentos à possibilidade de deslizamentos. Por isso, os boletins meteorológicos recomendam às pessoas para não se aproximarem de locais perigosos.

Nuvens da chuva torrencial se movem

Na noite de segunda-feira as nuvens dessa chuva estarão sobre parte de Shikoku e de Kansai. Na mudança de data se move em sentido a Kanto, passando sobre Tokai.

O pico da chuva sobre Kanto, de Kanagawa a Sendai, será bem na hora da saída para o trabalho, o que requer cuidados pois terá também vento forte.

De Nagoia (Aichi) a Hokkaido a chuva deverá cessar no período da tarde de terça-feira. Depois, o restante da semana será de sol, com calor.

Fontes: JNN e Yahoo 

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Dispersão de amianto em creche de Nagano

Publicado em 20 de maio de 2019, em Sociedade

A possibilidade de dispersão do amianto ou asbesto em uma creche de Iida levantou questionamento a respeito da saúde das crianças e professores.

Creche de Iida com questionamento sobre o efeito da dispersão do amianto (ANN)

A imprensa divulgou na segunda-feira (20) que na creche Myojo, de Iida (Nagano), foi realizada reforma do teto do segundo piso do prédio, onde tem amianto.

Publicidade

Essa obra de renovação do teto, em dezembro do ano passado, pode ter dispersado o amianto ou o temido asbesto durante o horário em que as 120 crianças, funcionário e professores estavam na instituição, somando cerca de 150 pessoas.

Satoru Miyashita, da administração dessa creche, revelou que sabia que havia asbesto no teto. No entanto, a empresa responsável pela reforma teria garantido “como não vamos tocar no asbesto, não há risco”.

De acordo com a lei, o empreiteiro da obra é obrigado a pré-examinar a presença de amianto, reportar ao cliente e informar às autoridades locais. As duas empreiteiras da obra receberam orientação administrativa do governo da província por não terem tomado essas providências.

A diretoria da instituição realizou palestra para informar sobre a ocorrência e medidas, para os pais e responsáveis pelas crianças.

“Não podemos afirmar que não há preocupação em relação aos danos à saúde porque os sintomas pela dispersão do asbesto só aparecem depois de bastante tempo”, explicou um representante da Divisão de Meio Ambiente.

O amianto ou asbesto é uma variedade de sais minerais metamórficos, usado na construção civil antigamente no Japão, mas atualmente proibido.

Fontes: Chunichi e ANN 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros