Passeio pelas cavernas na área do Monte Fuji

Confira fotos e detalhes de acesso de 3 cavernas na área dos Cinco Lagos de Fuji.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ice Cave e Wind Cave em Yamanashi

As erupções passadas no Monte Fuji e fluxos de lava decorrentes criaram várias cavernas na região dos Cinco Lagos de Fuji ao redor da base norte da montanha.

Publicidade

Hoje em dia, 3 dessas cavernas se desenvolveram e foram abertas para que os visitantes as explorem sem equipamento especial ou guias. Entretanto, é bom ter cuidado, já que algumas dessas cavernas têm passagens apertadas e degraus íngremes que podem ser escorregadios quando estão molhados.

A equipe do Portal Mie esteve em duas dessas cavernas, na Ice Cave e na Wind Cave e trouxe informações e imagens para você (na descrição de cada um das 2 cavernas visitadas pela equipe há uma galeria de imagens). Confira!

Role a página para ver as fotos e detalhes das 3 cavernas, e os cuidados necessários no fim da matéria.

Ice Cave (Narusawa Hyoketsu 鳴沢氷穴)
Horário: das 9h às 17h (horário reduzido no inverno e longo no verão)
Aberta o ano inteiro
Entrada: ¥350
Estacionamento gratuito
Localização para referência, veja aqui

A entrada da Narusawa Ice Cave

Antes de entrar na caverna, uma funcionária do local faz algumas explicações, como por exemplo sobre o chão que pode estar escorregadio, algumas partes com teto baixo e a temperatura fria na caverna. É aconselhável entrar de calça e blusa e evitar roupas muito abertas porque é realmente congelante lá dentro.

A funcionária do local faz explicações aos visitantes antes de entrarem na caverna congelante

Capacetes de proteção disponíveis:

Mesmo no verão, a temperatura na Ice Cave normalmente é negativa.

Escadas que levam em direção à caverna

Consequentemente, a caverna é usada, desde 1900, para armazenar gelo que será usado ao longo do ano.

O percurso é rápido, porém congelante!

O trajeto circular através da caverna não é muito longo, mas tem passagens com tetos baixos e escadas escorregadias.

Há aviso em vários locais sobre tetos baixos e chão que pode estar escorregadio

Confira mais imagens da Ice Cave:

Clique na imagem para expandir

Wind Cave (Fugaku Fuketsu 富岳風穴)
Horário: das 9h às 17h (horário reduzido no inverno e longo no verão)
Aberta o ano inteiro
Entrada: ¥350 (se você visitar a Ice Cave e mostrar o bilhete na entrada Wind Cave, há um desconto de ¥50)
Estacionamento gratuito
Localização para referência, veja aqui

A entrada da Wind Cave

Na entrada, caso você tiver visitado a Ice Cave e apresentar o ticket na Wind Cave, há um desconto de 50 ienes.

A compra do ticket é feita na máquina ao lado

Capacetes de proteção disponíveis:

Como a Ice Cave, a Wind Cave também tem passagens que podem estar escorregadias e ter tetos baixos.

Luzes dão um contraste especial no gelo

A caverna é mobiliada com algumas prateleiras que armazenam caixas de um tipo de noz e casulos de bicho-da-seda.

As prateleiras estão localizada no final da caverna

Vale muito a pena experimentar o delicioso sorvete de milho vendido em uma loja no local:

Esses sorvetes são mix de baunilha e milho, mas também há só o de sabor milho. Delicioso!

Confira mais imagens da Wind Cave:

Clique na imagem para expandir

 


Bat Cave (Saiko Koumori Ana 西湖コウモリ穴)
Horário: das 9h às 17h
Fechada: de 1 de dezembro a 19 de março
Entrada: ¥300
Estacionamento gratuito
Localização para referência, veja aqui

A Bat Cave, cujo nome foi em homenagem aos seus habitantes de inverno, é a mais extensa das 3 cavernas. No total, a caverna tem 350 metros de comprimento e múltiplas câmaras amplas e túneis a serem explorados. Alguns túneis têm tetos baixos.

Entrada da Bat Cave (Japan Guide)

Observações:

  • Dentro das cavernas há algumas partes com tetos baixos, portanto, deve-se tomar um certo cuidado para não machucar a cabeça. Capacetes são disponibilizados na entradas das caverna
  • Aconselha-se a não ir de sapato com salto, pois as escadas são íngremes e às vezes estão escorregadias
  • Na Ice Cave não é permitida a entrada de pessoas com crianças de colo
  • Devido às condições climáticas e temperatura do ar dentro das cavernas, o gelo nem sempre está presente durante todo o ano
Imagens: Portal Mie

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Companhias aéreas globais mudam rotas após derrubada de drone dos EUA

Publicado em 22 de junho de 2019, em Notícias do Mundo

Os EUA alertaram que aviões comerciais poderiam ser atacados por engano se sobrevoassem a região do Irã.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Com o aumento das tensões, aéreas mudam rotas (ilustrativa/banco de imagens)

Grandes companhias aéreas em todo o mundo começaram a redirecionar seus voos na sexta-feira (21) para evitar áreas em torno do Estreito de Hormuz após o Irã supostamente ter derrubado um drone de vigilância militar dos EUA no local, enquanto o país norte-americano alertou que aviões comerciais poderiam ser atacados por engano.

Publicidade

A Administração Federal de Aviação – FAA  alertou sobre um “potencial para erro de cálculo ou de identificação” na região após um míssil iraniano terra-ar ter derrubado na quinta-feira (20) um RQ-4A Global Hawk dos EUA, um veículo aéreo não tripulado com uma envergadura maior que um Boeing 737 e custando mais de 100 milhões de dólares.

Os EUA disseram que fizeram planos para ataques limitados sobre o Irã em resposta, mas depois os cancelaram.

A Qantas da Austrália, a holandesa KLM e a alemã Lufthansa disseram logo depois que evitariam a região também.

“A ameaça de um ataque e destruição no sul do Irã é real”, alertou o OPSGROUP, uma empresa que fornece orientações a empresas aéreas globais.

A Qantas disse que redirecionaria seus voos com destino a Londres para evitar o Estreito de Hormuz e o Golfo de Omã.

A holandesa KLM disse que evitaria o estreito. A Lufthansa disse que evitaria tanto o Estreito quanto o Golfo de Omã, assim como ilhas próximas. No entanto, ela afirmou que continuaria seus voos com destino ao Teerã.

Outras grandes companhias aéreas, a Emirates e Qatar Airways, assim como as low cost, não responderam imediatamente a pedidos para comentários, divulgou a AP.

O Irã disse que o drone “violou” seu espaço aéreo territorial, enquanto os EUA chamaram o disparo de míssil de “um ataque injustificado” no espaço aéreo sobre o Estreito de Hormuz, a foz estreita do Golfo Pérsico.

O OPSGROUP disse que o sistema de armas iraniano que derrubou o drone foi comparável ao sistema russo Buk usado em 2014 no ataque e destruição de um avião da Malaysia Airlines na Ucrânia.

Fonte: Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância