Mais um frappuccino e latte para a temporada de primavera no Japão

Um exclusivo de Tóquio que agora pode ser saboreado em todo o país.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O Butterscotch Coffee Jelly Frappuccino (バタースコッチ コーヒー ジェリー フラペチーノ) e o Butterscotch Latte (バタースコッチ ラテ) – Starbucks

A primavera é uma época especial para os fãs da Starbucks no Japão, com a rede marcando os meses mais quentes com os tão esperados frappuccinos de sakura.

Publicidade

Após as bebidas de sakura terem desabrochado e ido embora, a festa continua, e neste ano a rede seguirá com seus lançamentos de primavera, com o Butterscotch Coffee Jelly Frappuccino.

A nova bebida toma seu perfil de sabor do popular Butterscotch Latte, que é vendido somente na Starbucks Reserve Roastery em Tóquio.

A estrela do show é a calda de butterscotch (um tipo de confeito cujos principais ingredientes são o açúcar mascavo e a manteiga) que combina manteiga rica e caramelo doce para um aromático agridoce. Complementando o butterscotch está uma base de leite e pedaços de geleia de café originais, os quais acrescentam um destaque de textura à bebida que parece sobremesa.

Juntando-se ao frappuccino estará o já mencionado Butterstcotch Latte. Anteriormente somente disponível na Reserve Roastery de Tóquio, a bebida pode agora ser desfrutada por clientes em todo o país. A bebida quente combina leite vaporizado e espresso com calda de butterscotch.

Assim como o lançamento do um novo frappuccino e latte, a Starbucks também expandirá a variedade de opções para o leite usado em seus lattes, com leite amêndoas e dois tipos de leite de aveia juntando-se às suas gamas de leites de soja e com pouca gordura.

O Butterscotch Coffe Jelly Frappuccino será vendido somente no tamanho Tall, de 13 de março a 8 de abril por 590 ienes, enquanto o Butterscotch Latte estará disponível nos tamanhos Short ao Venti, de 13 de março a 16 de junho, por 420 a 540 ienes.

Fonte: Sora News

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Agência do Consumidor alerta sobre produtos que prometem prevenção ao novo coronavírus

Publicado em 11 de março de 2020, em Sociedade

Com a propagação do novo coronavírus há também uma gama de produtos vendidos online com promessas sem fundamento, de prevenção. Cuidado!

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Print do post no Twitter (CAA)

Na terça-feira (10) a CAA-Agência Nacional do Consumidor publicou 2 posts relacionados ao novo coronavírus. 

Publicidade

Um deles é sobre a proibição de revenda de máscaras a preços superiores ao normal, a partir de 15 deste mês. Independente se é empresa ou pessoa física, o governo proibiu por causa da especulação em torno do produto. Os que persistirem serão punidos, com prisão ou pagamento de multa. 

O outro é um alerta aos consumidores sobre diversos produtos que prometem proteção ou prevenção contra o novo coronavírus. 

Ela encontrou 46 produtos de 30 empresas, com vendas na web, no período de 25 de fevereiro a 6 deste mês, desde alimentícios a eletrônicos. Entre eles há chá de dandelion, ou dente de leão, cuja empresa promete combater o vírus, mas não há fundamento, segundo a agência.

“Através dos íons negativos mata o coronavírus”, promete um fabricante de purificador de ar, ou um fabricante de natto indicando que o “peptídeo contido nesse alimento destrói a membrana de bactérias causadoras de pneumonia”.

…as indicações de efeitos preventivos carecem de objetividade e racionalidade

As características do novo coronavírus não foram esclarecidas e os testes em instalações privadas não são possíveis, portanto, as indicações de efeitos preventivos carecem de objetividade e racionalidade no momento. 

Esses fabricantes estão violando as leis de rotulagem e a de promoção da saúde. A agência pediu aos vendedores dos produtos para melhorar seus rótulos e aos operadores dos sites para verificar se produtos similares foram listados.

O responsável pela agência disse “não há nenhum produto que tenha base para seu efeito preventivo no momento. Ao invés de se deixar levar por esses rótulos pedimos que lave bem as mãos e tome outras medidas corretas”.

Fontes: CAA e Asahi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância