Queda de suicídios em 2019, pelo 10.º ano consecutivo

O ano de 2019 teve o menor número anual de suicídios, mas o governo se preocupa com 2020, por causa da crise desencadeada pelo novo coronavírus.

Imagem ilustrativa da NHK

O governo analisou o relatório de 2019 sobre os dados relacionados aos suicídios no ano passado. Embora tenha sido historicamente mais baixo, há uma preocupação em tomar medidas para evitá-los neste ano, diante da crise por causa do novo coronavírus.

Publicidade

De acordo com esse relatório divulgado na terça-feira (27) o total foi de 20.169 perdas de vidas tiradas pelas próprias pessoas. 

Foram 671 casos a menos em relação a 2018. Pelo décimo ano consecutivo a queda continua e desde 1953 – ano em que começou a coleta de dados – é o menor número. Atribui-se à melhoria da situação econômica.

Na análise pela faixa etária houve uma queda em relação às pessoas com idade igual ou superior a 40. Em contrapartida houve aumento na faixa dos 15 aos 39 anos, mostrando a gravidade entre as pessoas mais jovens.

O governo analisa a necessidade de promover uma forma constante de empréstimos para as empresas em dificuldade e de apoiar a manutenção do emprego. Quando a situação econômica aperta o número de suicídios pode aumentar. E este ano, por causa da disseminação do novo coronavírus a situação é de preocupações com os efeitos da redução da renda, da retração dos negócios e em relação ao desemprego.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

População de Komatsu com restrição para sair, não por causa do vírus mas dos ursos

Publicado em 27 de outubro de 2020, em Sociedade

Residentes da área central de Komatsu vivem um clima de tensão por causa dos ursos. Precisam se abster de sair pela segurança.

Bombeiros e funcionários da prefeitura na captura do urso (Ishikawa TV)

Não é por causa da disseminação do novo coronavírus que a prefeitura da cidade de Komatsu (Ishikawa) pede para o povo se abster de sair sem necessidade. É para evitar ataque de ursos. 

Publicidade

Os animais têm saído em busca de comida até na área central da cidade e têm dado trabalho para os bombeiros, funcionários da prefeitura e caçadores, desde sexta-feira. Ficam tentando capturá-los vivos para mandá-los de volta para a floresta. 

A prefeitura foi obrigada a fechar temporariamente um parque, um urso foi visto perto de uma escola e outro em área residencial. Depois de um capturado com dardo tranquilizante, no sábado (24), o povo estaria liberado para sair novamente às ruas.

No entanto, na segunda-feira (26) um outro urso surge para deixar a população tensa de novo. A prefeitura teve que repetir o pedido de abstenção das saídas desnecessárias.

Em Hakusan, cidade próxima, também um urso foi avistado na planície, na segunda-feira. Esse foi capturado no final da tarde.

Fonte: Ishikawa TV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Empregos no Japão - HUMAN