Indústria de automóveis do Japão dá as boas-vindas à possível entrada da Apple

Desde que a gigante tecnológica dos EUA seja completamente responsável por seus serviços, disse Akio Toyoda, presidente da Toyota.

Akio Toyoda (NHK)

O presidente da Associação de Fabricantes de Automóveis do Japão, Akio Toyoda, disse na quinta-feira (11) que a indústria japonesa de automóveis dará as boas-vindas à Apple, desde que a gigante tecnológica dos EUA seja completamente responsável por seus serviços incluindo manutenção e descarte de seus veículos.

Publicidade

“Se uma empresa de tecnologia se junta à nossa indústria, isso significa que o setor de automóveis se mantém como um mercado em potencial. (Um recém-chegado) trará novas opções para os clientes”, disse Toyoda, que também é presidente da Toyota Motor, em uma coletiva de imprensa online.

Mas ele acrescentou que a vida útil de um carro é de 30 ou 40 anos e um novato deve estar “determinado” a ser completamente responsável por seus veículos até que eles sejam descartados.

A Reuters divulgou em dezembro de 2020 que a Apple visava iniciar a produção de sues próprios veículos elétricos em 2024.

Fonte: News and Culture

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Japão investe em indústria nacional de vacinas

Publicado em 11 de março de 2021, em Sociedade

A indústria de vacinas japonesa havia retirado investimento no desenvolvimento devido ao declínio populacional.

Iniciativa de $1,5 bilhão para parceria com nações asiáticas destinada a criar redes clínicas (banco de imagens)

O governo japonês investirá cerca de $1,5 bilhão para dar suporte ao desenvolvimento local de vacinas, soube o Nikkei, visto que ele luta contra incertezas de depender de imunizações importadas.

Publicidade

Como parte do programa, o Japão fará parceria com outras nações asiáticas para criar uma rede internacional de pesquisa e ensaio clínico a fim de promover desenvolvimento rápido. O governo também assumirá parte do custo para farmacêuticas domésticas e instituições de pesquisa que desenvolvem vacinas.

A iniciativa será financiada pelos 160 bilhões de ienes ($1,47 bilhão) separados no terceiro orçamento suplementar para o atual ano fiscal aprovado em janeiro.

O plano é despachar especialistas a economias asiáticas emergentes, como as do sudeste asiático, que vivenciam crescimento populacional.

Lá, eles ajudarão a estabelecer a base para dar suporte à pesquisa clínica. Isso envolveria treinamento de profissionais da saúde e trazer equipamento como dispositivos de diagnóstico e freezers.

Estabelecer um ecossistema internacional para pesquisa conjunta de vacinas tem o potencial de reduzir o período de tempo de desenvolvimento.

Testes de vacina exigem um amplo mercado, o que pode levar a canais de vendas posteriormente. A infraestrutura servirá como ponto de partida para acelerar o desenvolvimento de vacinas contra futuras doenças.

O Japão já foi considerado uma nação avançada quando se fala em vacinas. Contudo, o investimento diminuiu devido ao declínio populacional e tempo que levava desde pesquisa e desenvolvimento à aplicação comercial.

Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!