Promotoria pede 1 ano e 6 meses de prisão a Youtuber

Youtuber está sendo julgado pelos crimes de roubo e obstrução de negócios e pode ser preso.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem: ANN

Shota Hirata, 30, youtuber conhecido pelo apelido de “Hezumaryu”, está sendo julgado pelos crimes de roubo e obstrução forçada de negócio.

Publicidade

Segundo a promotoria, em maio do ano passado, ele comeu um peixe “sashimi” em um supermercado, na cidade de Okazaki (Aichi), antes de efetuar o pagamento, o que é considerado roubo de mercadoria. Hirata também foi julgado pelo crime de obstrução forçada de negócio por ter pedido a devolução de roupa mentindo que era falsificada à loja de roupas de Osaka. Todos esses atos foram filmados e publicados pelo próprio réu em vídeos no Youtube.

A promotoria pediu a sentença de 1 ano e 6 meses em julgamento de apelação criminal nesta segunda-feira (19). Entretanto, os advogados de Hirata afirmam que ele é inocente pelo crime de roubo, e pede a redução da pena para 1 de reclusão e 5 meses de liberdade condicional.

Hirata foi preso em julho do ano passado pela suspeita de roubo. A sentença dele será pronunciada em julgamento em 27 de agosto.

Fonte: ANN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Câmera de segurança na estação de Nagoia mostra atleta desaparecido

Publicado em 19 de julho de 2021, em Sociedade

Imagens de atleta ugandense desaparecido são vistas em câmera da estação de Nagoia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A equipe de Uganda chegou ao Japão em 19 de junho (Tokai TV)

Um homem que pode ser o atleta de Uganda que desapareceu na semana passada de seu local de pré-treinamento na província de Osaka foi visto em uma câmera de vigilância na estação de Nagoia da JR, a cerca de 200Km de onde ele estava hospedado, disse uma fonte da polícia nesta segunda-feira (19).

Publicidade

Julius Ssekitoleko, levantador de peso que estava sediado em Izumisano, desapareceu no dia 16 de julho após deixar um bilhete no hotel onde estava hospedado dizendo que queria trabalhar no Japão porque a vida em seu país era difícil.  A cidade e sua equipe vêm procurando por ele para ajudar a polícia.

Ele comprou uma passagem de trem-bala com destino a Nagoia na manhã do dia 16, disseram autoridades de Izumisano. Ele tinha um celular, mas seu passaporte foi mantido pela equipe de Uganda, que chegou ao Japão em 19 de junho.

Em Nagoia, capital da província de Aichi, há cerca de 150 cidadãos de Uganda, a segunda maior comunidade ugandense no arquipélago, desde o fim do ano passado, de acordo com dados do governo divulgados na sexta-feira.

Fonte: News and Culture

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência