‘Cachoeira de nuvens’ no Japão encanta visitantes 

O espetáculo da natureza pode ser visto até o início de novembro, na província de Niigata. Saiba mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem impressionante da ‘cachoeira de nuvens’, em 14 de setembro de 2021 (iine-uonuma)

Um fenômeno natural conhecido como cachoeira de nuvens está hipnotizando visitantes nas primeiras horas da manhã na passagem Shiori-toge que forma parte da Rota Nacional 352 e fica a mais de mil metros acima do nível do mar, na província de Niigata.

Publicidade

O espetáculo de um mar de nuvens fluindo as linhas cume abaixo pode ser visto até o início de novembro quando a estrada fecha para o inverno devido à neve pesada.

Cachoeiras de nuvens aparecem logo pela manhã de dias claros quando há uma grande diferença de temperatura em relação ao dia anterior. Para mais informações, toque aqui (em japonês).

Com início nesta estação, a associação de turismo oferece informações da previsão em sua conta oficial no Instagram, notificando os visitantes sobre quando eles podem ter a oportunidade de apreciar a cachoeira de nuvens.

Fonte: Asahi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Um entre 4 pacientes tiveram efeitos posteriores da Covid seis meses depois

Publicado em 12 de outubro de 2021, em Sociedade

Pesquisa realizada pelo Centro Nacional para Saúde Global e Medicina cobriu 457 pessoas que haviam se recuperado da Covid-19 desde fevereiro de 2020.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Um levantamento realizado por um grupo de pesquisa no Japão mostrou que um entre quatro pacientes de coronavírus sofreram sintomas considerados como efeitos posteriores 6 meses após o início ou diagnóstico. As mulheres estão sob maior risco do que os homens.

Publicidade

A pesquisa realizada pelo Centro Nacional para Saúde Global e Medicina e outros entrevistaram 457 pessoas que haviam se recuperado da Covid-19 desde fevereiro de 2020. A faixa etária foi entre 20 e 70 anos.

O grupo diz que 26,3% dessa pessoas tiveram sintomas como fadiga após passados 6 meses.

Cerca de 7,7% dos entrevistados reportaram problemas com o olfato, 6,6% fadiga e 3,9% falta de ar. O número foi 3,5 vezes para problemas com o paladar e 3,1% para queda de cabelo.

Um ano após o início ou diagnóstico, 8,8% ainda tinham alguns sintomas, com 3,1% se queixando de fadiga e 1,5% de falta de ar. A disfunção do olfato foi reportada em 1,1% e problemas com o paladar e perda de cabelo em 0,4% cada.

A pesquisa também mostrou que comparadas com os homens, as mulheres tiveram 1,9 vez o risco de ter problemas com o olfato. O número foi 1,6 vez para disfunção do paladar, duas vezes para fadiga e 3 vezes para perda de cabelo.

Os pesquisadores também descobriram que pessoas mais jovens, abaixo do peso, têm mais probabilidade de ter problemas com o olfato ou paladar. Eles dizem que esses indivíduos tendem a sofrer efeitos posteriores a longo termo mesmo se seus sintomas da Covid-19 foram leves.

Um dos pesquisadores que liderou o estudo, Shinichiro Morioka, disse que a vacinação é importante para os mais jovens também porque aqueles que foram inoculados com duas doses não sofreriam efeitos posteriores a longo termo.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência