Mais de 210 mil crianças foram vítimas de abuso sexual na Igreja Católica na França

Relatório coloca o número de vítimas a 216 mil e diz que 80% delas eram meninos, muitos dos quais tinham idade entre 10 e 13 anos.

Ilustrativa (banco de imagens)

Uma investigação sobre abuso sexual na Igreja Católica francesa estima que mais de 210 mil crianças foram vitimizadas pelo clero desde 1950.

Publicidade

Uma comissão independente divulgou suas descobertas em um relatório na terça-feira (5). Ela foi estabelecida em 2018 após uma série de revelações de abuso sexual pelo clero católico em todo o mundo.

Segundo o relatório, havia pelo menos de 2.900 a 3.000 pedófilos na igreja francesa que abusaram sexualmente de menores entre 1950 e 2020.

O relatório coloca o número de vítimas a 216 mil e diz que 80% delas eram meninos, muitos dos quais tinham idade entre 10 e 13 anos.

Também é citado no relatório que o registro totaliza cerca de 330 mil quando incluem os casos envolvendo abuso por parte de membros leigos.

O chefe da comissão, Jean-Marc Sauve, acusou a igreja de coberturas sistêmicas, dizendo que sua condução em relação aos abusos era destinada a proteger a instituição e seus sacerdotes.

Em 2019, o Vaticano introduziu um conjunto de medidas contra aqueles que abusam ou cobrem, incluindo uma obrigação para o clero reportar abuso. A mais recente revelação de casos graves de abuso sexual na igreja ao longo de um período de 70 anos está causando indignação na sociedade francesa.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Governo do Paraguai condecora Príncipe Akishino e Princesa Mako

Publicado em 6 de outubro de 2021, em Sociedade

Pai e filha da família imperial japonesa recebem condecorações do governo paraguaio, em Tóquio.

Príncipe Akishino e Princesa Mako à esq. e embaixador do Paraguai à dir. (NNN)

Na terça-feira (5) o embaixador do Paraguai, Raúl Florentín Ántola, foi recebido na residência oficial da família Akishino, em Akasaka, Tóquio, para a entrega das condecorações, em comemoração aos 85 anos da imigração japonesa naquele país.

Publicidade

Tanto o Príncipe Akishino quanto a Princesa Mako receberam a medalha Gran Maestre de la Orden Nacional del Mérito das mãos do embaixador.

O motivo da homenagem foi a visita do príncipe ao Paraguai, em novembro de 2006, na ocasião da comemoração do 70.º aniversário da imigração japonesa. 

Princesa Mako recebe a medalha da condecoração das mãos do embaixador (FNN)

E em setembro de 2016 sua filha a Princesa Mako,  quando da comemoração dos 80 anos da imigração.

Os príncipes se destacaram por uma relação muito especial com o Paraguai, participando de diversos atos oficiais comemorativos, solidificando os laços de amizade entre os dois países.  

Essa foi, provavelmente, a última cerimônia oficial em que pai e filha participaram juntos, pois a Princesa Mako já está com a data de casamento marcada. Nessa ocasião, usou um vestido branco, com um colar de pérolas e sorriu durante a cerimônia.

Segundo fontes da NNN, o Brasil também deverá homenagear a princesa por ter visitado o país em 2018.

Fontes: Gov. Paraguai, NNN e FNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros