Shionogi visa lançar medicamento oral para tratar Covid-19 neste ano fiscal

Atualmente, somente dois medicamentos para tratar a Covid-19, ambos administrados via intravenosa, foram autorizados no Japão.

Ilustrativa (banco de imagens)

A Shionogi & Co. planeja começar a fornecer neste ano fiscal um medicamento oral que ela está desenvolvendo para tratar a Covid-19, revelou a farmacêutica na quarta-feira (29).

Publicidade

A farmacêutica japonesa tem a intenção de fabricar o medicamento até o fim deste ano, e preparar um sistema amplo o suficiente para atingir 1 milhão de pessoas.

A Shionogi está desenvolvendo um medicamento oral para pacientes de Covid-19 com sintomas leves que é destinado a cortar a propagação viral dentro do corpo.

A companhia iniciou o primeiro ensaio clínico para verificar a segurança do medicamento em julho. A segunda e terceira fases começaram simultaneamente na segunda-feira (27), em cerca de 2 mil pessoas. Até agora nenhum grande problema em relação à segurança do medicamento foi relatada, de acordo com a companhia.

Atualmente, somente dois medicamentos para tratar a Covid-19, ambos administrados por via intravenosa, foram autorizados no Japão – o coquetel de anticorpos Ronapreve da Chugai Pharmaceutical e o Xevudy (nome genérico sotrovimabe) da GlaxoSmithKline PLC.

Fonte: Yomiuri

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Mais um grupo de refugiados do Afeganistão chega ao Japão

Publicado em 1 de outubro de 2021, em Sociedade

O Japão auxiliou a passagem dessas pessoas ao emitir visto e providenciar bilhetes aéreos.

O grupo de 16 pessoas chegou ao aeroporto de Narita em 30 de setembro (FNN)

Dezesseis evacuados do Afeganistão chegaram ao Japão para tomar refúgio após o retorno do Talibã ao poder no país em agosto, informou o Ministério de Relações Exteriores na sexta-feira (1º).

Publicidade

Com a chegada na quinta-feira (30) dos 16 refugiados, que incluem funcionários locais da Agência de Cooperação Internacional do Japão no Afeganistão, o número total de tais evacuados no arquipélago aumentou para 26.

O mais recente grupo é formado por 3 famílias e um estudante de uma universidade japonesa.

O Japão auxiliou a passagem dessas pessoas ao emitir visto e providenciar bilhetes aéreos após eles terem fugido por terra para países vizinhos no mês passado quando a situação de segurança se deteriorou no Afeganistão.

As 16 pessoas estão agora sob quarentena após serem submetidas a testes de coronavírus, de acordo com o ministério.

Em meados de setembro, 10 afegãos chegaram ao arquipélago a bordo de dois voos, com ajuda do Japão.

Fonte: Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros