Airbus faz primeiro pouso na Antártida

‘Quando atingimos a velocidade de taxiamento pude ouvir aplausos da cabine. Ficamos muito felizes’, disse o piloto do voo histórico.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A aeronave ficou na Antártida por cerca de 3 horas (YouTube/Hi Fly)

O primeiro Airbus A340 de todos os tempos a aterrissar na Antártida tocou o solo com sucesso em uma pista congelada no início deste mês.

Operado pela Hi Fly, o avião decolou de Cape Town, na África do Sul, e pousou cerca de 5 horas depois, tendo voado cerca de 4.630Km, em 2 de novembro.

O primeiro serviço A340 transportou funcionários para a Wolf’s Fang, um acampamento de aventura de luxo sediado na Antártida, mais carga.

No futuro, a aeronave pode ser usada para transportar turistas e cientistas para o continente mais ao sul do mundo.

O presidente e piloto da Hi Fly, Carlos Mirpuri, disse que foi um “pouso rotineiro”, mas que a pista de gelo não foi fácil de ver.

“O reflexo é tremendo, e óculos apropriado ajuda a ajustar os olhos entre a vista exterior e a instrumentação”, disse ele.

“Também não havia guia visual, e a mistura da pista com o terreno ao redor e o imenso deserto branco em volta, tornou o julgamento de altura desafiador”.

Mas tudo ocorreu sem percalços, e as pessoas que estavam a bordo ficaram encantadas em fazerem parte da jornada inaugural, de acordo com Mirpuri.

“Quando alcançamos a velocidade de taxiamento pude ouvir aplausos da cabine. Ficamos felizes. Afinal, estávamos fazendo história”.

A aeronave ficou na Antártida por cerca de 3 horas e retornou a Cape Town.

Veja o vídeo:

Fonte: The Independent

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Homem é condenado à pena de morte por vender pirata da série Squid Game na Coreia do Norte

Publicado em 25 de novembro de 2021, em Ásia

O estudante que comprou a série pirateada em pen drive USB foi condenado à prisão perpétua e outros que assistiram foram sentenciados à prisão com trabalhos forçados.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Cena da série, do trailer no YouTube

A Coreia do Norte condenou à pena capital um homem que contrabandeou e vendeu cópias da série Squid Game, da Netflix, depois que as autoridades pegaram sete estudantes do ensino médio assistindo ao programa de sucesso global em coreano, disseram fontes no país à RFA.

O contrabandista teria trazido uma cópia do Squid Game da China para a Coreia do Norte e vendido em pen drive USB contendo a série. Fontes disseram que sua sentença será executada por um pelotão de fuzilamento.

Aluno que comprou Squid Game é condenado à prisão perpétua

Um aluno que comprou um drive foi condenado à prisão perpétua, enquanto outros 6 que assistiram ao programa foram condenados a 5 anos de trabalhos forçados

Além deles, professores e administradores da escola foram demitidos e podem ser banidos para trabalhar em minas remotas, disseram as fontes.

A RFA relatou na semana passada que cópias da série chegaram ao país recluso, apesar de todos os esforços das autoridades para impedir a entrada da mídia estrangeira. Começaram a se espalhar entre as pessoas em pen drives e cartões SD.

Fontes disseram que o mundo distópico dessa série – no qual as pessoas marginalizadas são colocadas umas contra as outras em games por enormes prêmios em dinheiro e jogadores perdedores são condenados à morte – ressoa entre os norte-coreanos em ocupações arriscadas e posições inseguras.

“Isso tudo começou na semana passada, quando um estudante do ensino médio comprou clandestinamente um pen drive contendo a série sul-coreana Squid Game, conhecida como Round 6 no Brasil ou Ika Game no Japão, e assistiu com um de seus melhores amigos na classe”, disse uma fonte da polícia na província de Hamgyong Norte ao Serviço Coreano da RFA na segunda-feira (22).

Lei de Eliminação do Pensamento e Cultura Reacionários

Cena da série, do trailer no YouTube

O amigo contou a vários outros alunos, que se interessaram, e eles compartilharam o pen drive. Foram capturados pelos censores em 109 Sangmu, que receberam uma denúncia ”, disse a fonte, referindo-se à força especial do governo especializada na captura de telespectadores ilegais, conhecida oficialmente como Surveillance Bureau Group 109.

A prisão dos 7 estudantes marca a primeira vez que o governo está aplicando a recém-aprovada lei de Eliminação do Pensamento e Cultura Reacionários, em um caso envolvendo menores, segundo a fonte.

A lei, promulgada no ano passado, condena à pena máxima, de morte, para quem assistir, mantiver ou distribuir as mídias dos países capitalistas, especialmente da Coreia do Sul e dos EUA.

Perigoso assistir mídias estrangeiras

“Os residentes estão tomados pela ansiedade, pois os 7 menores serão interrogados impiedosamente até que as autoridades possam descobrir como a série foi contrabandeada, já que as fronteiras estão fechadas por causa da pandemia do novo coronavírus”, disse a fonte.  

Mais de 70% disseram acreditar que o acesso à mídia estrangeira se tornou mais perigoso desde que Kim Jong-un assumiu o poder em 2011, aponta o resultado da pesquisa do Grupo de Mídia de Unificação da Coreia do Sul.

Squid Game é o programa mais assistido da Netflix, classificado em primeiro lugar em 94 países e visto em 142 milhões de lares em todo o mundo depois de apenas um mês, de acordo com o relatório de lucros do terceiro trimestre da empresa.

Fonte: RFA

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades