Australiano é proibido de sair de Israel por cerca de 8 mil anos

Ativistas dizem que ‘centenas’ de estrangeiros podem estar presos em Israel sob lei de família ‘rigorosa’.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O homem foi ordenado por um tribunal a pagar mais de US$3 milhões em pensão futura para seus filhos ou é proibido de sair do país (ilustrativa/banco de imagens)

Um cidadão australiano foi proibido de sair de Israel, deixando-o preso no país por quase 8 mil anos após sua esposa israelense ter iniciado um processo de divórcio.

Publicidade

Noam Huppert, de 44 anos, foi ordenado por um tribunal a pagar mais de US$3 milhões em pensão futura para seus filhos ou é proibido de sair do país até 31 de dezembro de 9999, divulgou o site news.com.au.

O australiano se mudou para Israel em 2012 para ficar mais perto de seus filhos pequenos após sua esposa ter retornado ao país e apresentado um processo no tribunal israelense sob a lei de divórcio que foi intitulada “rigorosa e excessiva” por ativistas de direitos humanos.

“Desde 2013 estou preso em Israel”, disse ele, acrescentando que ele é um dos cidadãos australianos que foram “perseguidos pelo sistema de ‘justiça’ israelense somente porque eles se casaram com uma mulher do país”.

De acordo com o site, o tribunal emitiu uma ordem chamada “stay-of-exit” contra ele, impedindo-o de deixar o país mesmo para férias ou trabalho, até que ele pague “dívidas futuras” para manter seus dois filhos, até eles completarem 18 anos.

O blogueiro Adam Herscu, que escreve sobre questões de gênero, chamou a proibição de viagem de estrangeiros e leis de família de “rigorosas” em seu artigo no Times of Israel em 2013.

“Se você está pensando em se mudar para Israel e começar uma família lá, você precisa entender que as leis de família são draconianas e excessivamente discriminatórias contra os homens, que há grandes chances de você ser tratado como criminoso e rebaixado ao papel de visitante-caixa eletrônico”, escreveu ele.

Fonte: The Independent

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Pelo impacto do choque com o trem, motorista é jogado para fora do carro

Publicado em 27 de dezembro de 2021, em Acidentes

Ocorreu uma colisão entre um veículo de passeio e um trem da linha Joban.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem do helicóptero da ANN

Por volta das 8h40 de domingo (26) ocorreu uma colisão entre um carro e o trem da linha JR Joban, em um cruzamento da ferrovia, na cidade de Kasama (Ibaraki). 

Publicidade

Com o choque, o motorista foi jogado para fora do carro, o qual ficou destroçado, e a morte foi confirmada no local. O homem que morreu foi identificado como um assalariado que reside nas proximidades, de 27 anos.

De acordo com a JR East, no momento do acidente, a cancela estava abaixada e o trem expresso colidiu com o veículo que ultrapassou a linha férrea.

O acidente ocorreu depois que o trem percorreu cerca de 2km da estação Tomobe. Havia cerca de 120 passageiros, os quais não se feriram. Eles foram retirados pelos funcionários da companhia férrea e foi providenciado um ônibus para que pudessem ir ao destino.

Por causa desse acidente, 67 linhas ficaram suspensas por várias horas. 

Carro visto em close (FNN)

Fontes: ANN, FNN e Ibaraki Shimbun

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância