Grande Terremoto Hanshin-Awaji: 27 anos depois

Voluntários e familiares das vítimas se reuniram para orar pelas pessoas que se foram por causa da tragédia causada por um dos piores terremotos do Japão.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Velas no local, preparadas pelos voluntários (ANN)

Às 5h46 de 17 de janeiro de 1995 ocorreu o Grande Terremoto Hanshin-Awaji, de intensidade sísmica de até 7, causando um desastre que tirou a vida de 6.434 pessoas e 3 continuam desaparecidas.

Publicidade

Nesse mesmo horário, 27 anos depois, na segunda-feira (17), as pessoas ofereceram uma oração silenciosa em Kobe (Hyogo), no Higashi Yuenchi, parque em Chuo-ku, onde foram colocadas muitas velas.

Velas dispostas em kanji 忘 (ANN)

Como já se passaram quase 3 décadas, as vítimas dessa ocasião estão envelhecendo. Por isso, o kanji escolhido para este ano foi o 忘 (wasurenai) para dispor as velas em bambus, para que a população não se esqueça desse terremoto e que essas memórias sejam passadas para a geração mais jovem.

Com a disseminação do novo coronavírus, a cerimônia preparada pelos voluntários foi dividida em dois dias, domingo e segunda-feira, para não causar aglomeração. 

Uma das ruas de Kobe, retrato da destruição causada pelo terremoto (arquivo da ANN)

Fontes: Kobe Shimbun, KTV, ANN e FNN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Coreia do Norte lança míssil em direção ao Japão, na segunda-feira

Publicado em 17 de janeiro de 2022, em Ásia

O Japão está confirmando o lançamento do quarto míssil em janeiro deste ano.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Kim Jong-un, Líder Supremo da Coreia do Norte (JNN)

Pouco antes das 9h de segunda-feira (17), a Guarda Costeira do Japão informou que a Coreia do Norte lançou um míssil em direção ao país.

Publicidade

As Forças Armadas da Coreia do Sul estão coletando mais informações em conjunto com os Estados Unidos.

=Atualização às 11h30= Segundo Nobuo Kishi, Ministro da Defesa do Japão, a Coreia do Norte disparou dois mísseis. O primeiro foi às 8h48 e o segundo às 8h52. A distância foi de cerca de 300km, portanto caíram fora da ZEE-zona econômica exclusiva do Japão.

Na semana anterior, dia 14, a Coreia do Norte lançou 2 mísseis balísticos de curto alcance, das proximidades do condado de Uiju, na província norte de Pyongan.

Nos dias 5 e 11 esse país informou que os lançamentos desses dois dias foram de um míssil supersônico.

Portanto, confirmando esse da segunda-feira, é o quarto lançamento só em janeiro.

Fontes: NHK e JNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância