Empresas no Japão começam a administrar doses de reforço de vacina contra covid-19

A vacinação em locais de trabalho começou na ANA e na JAL na segunda-feira (14), focando em tripulação que atua em serviços internacionais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Funcionária da All Nippon Airways sendo vacinada contra covid-19 (NHK)

Empresas japonesas começaram a administrar plenamente terceiras doses de vacina contra coronavírus para funcionários em meio a um aumento nos casos de novas infecções pela variante ômicron no país.

Publicidade

A vacinação em locais de trabalho começou em pleno vapor na All Nippon Airways – ANA e na Japan Airlines – JAL na segunda-feira (14), focando em tripulação que atua em serviços internacionais.

Na segunda-feira, a ANA administrou doses de reforço para 20 pessoas enquanto a JAL para 222. No sábado (12), a ANA e a JAL aplicaram terceiras doses em 10 pessoas no total.

A ANA pretende aumentar o número de doses diárias de reforço para 600 e a JAL planeja administrar até 500 por dia.

A ANA planeja administrar doses de reforço a 20 mil pessoas, incluindo familiares de funcionários, no Aeroporto de Haneda. A JAL deve inocular 17 mil funcionários.

Em meio a um início lento na administração de doses de reforço no Japão, o governo flexibilizou as regras de vacinação em ambientes de trabalho, reduzindo de 1.000 para 500 o número mínimo de doses diárias exigidas por local.

A medida faz parte de um esforço por parte do governo destinado a aumentar o número de doses diárias para 1 milhão o tanto quanto possível.

Fonte: Jiji

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Japão pede aos seus cidadãos na Ucrânia que deixem o país imediatamente

Publicado em 15 de fevereiro de 2022, em Sociedade

Em meio a crescentes tensões na Ucrânia, o governo japonês está pedindo aos seus cidadãos que saiam imediatamente do país.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O secretário-chefe do gabinete, Hirokazu Matsuno, fala em coletiva de imprensa na segunda-feira, 14 de fevereiro (NHK)

O governo está pedindo aos cidadãos japoneses na Ucrânia que evacuem imediatamente em meio a crescentes tensões no país, disse o secretário-chefe do gabinete, Hirokazu Matsuno, na segunda-feira (14).

Publicidade

“Fizemos esforços pacientemente, como enviar e-mails várias vezes alertando expatriados japoneses a saírem da Ucrânia sem demora e ligando para cada um deles”, disse o principal porta-voz do governo em uma coletiva de imprensa.

Sobre a atividade militar russa em áreas perto da Ucrânia, ele disse, “há uma crescente possibilidade de que a situação piore rapidamente, então o governo japonês tem um alto senso de alerta”, acrescentando que voos comerciais para a Ucrânia poderiam ser cancelados.

Em relação a funcionários da embaixada japonesa em Kiev, Matsuno disse, “enquanto evacuaremos a maioria deles no caso de qualquer emergência, suas operações, como serviços consulares, serão mantidos em uma base limitada”.

Leia também:

Perigo de guerra: EUA despacham 3.000 soldados para Europa

Fonte: Japan Times

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância