Coreia do Norte comemora sucesso no lançamento do míssil intercontinental Hwasong-17

O míssil balístico intercontinental usado para teste caiu na ZEE do Japão, colocando o país em risco.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Momento do lançamento do míssil balístico intercontinental (Rodong Sinmun via Mainichi)

A edição de sexta-feira (25) do jornal do Partido dos Trabalhadores, Rodong Sinmun, informou que o míssil foi disparado na presença do líder do país, Kim Jong-un. Esta é a primeira vez que a Coreia do Norte anuncia o lançamento do míssil balístico intercontinental Hwasong-17.

Publicidade

Segundo a publicação, o míssil foi disparado, por instrução de Kim, de um aeroporto internacional em Sunan em direção ao Mar do Japão na quinta-feira (24). Sunan é um subúrbio de Pyongyang. 

A matéria destaca o sucesso do lançamento desse novo tipo de míssil. “A altitude máxima atingiu 6.248,5km, e voou uma distância de 1.090km por 1 hora, 7 minutos e 32 segundos, caindo exatamente na área de água planejada“, diz o texto.

“Continuaremos a fortalecer nossa forte dissuasão de guerra nuclear em qualidade e quantidade. Vamos nos preparar completamente para um confronto de longo prazo com o imperialismo americano“, disse Kim Jong-un, segundo o jornal.

O Hwasong-17 já tinha sido exibido em desfile mas o lançamento ocorreu na quinta-feira, pela primeira vez (NHK)

Fontes: Mainichi, JNN e NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Otan aumenta suporte militar para a Ucrânia

Publicado em 25 de março de 2022, em Notícias do Mundo

Líderes da Otan concordaram em ajudar a Ucrânia a se proteger contra quaisquer ataques químicos, biológicos ou nucleares.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Líderes da Otan se encontraram em Bruxelas, na Bélgica (banco de imagens)

A Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) prometeu a Kiev novo suporte militar e atribuiu mais tropas em seu lado leste, enquanto Londres e Washington impuseram novas sanções sobre Moscou durante um trio de cúpulas na quinta-feira (24) destinadas a mostrar a união do Ocidente contra a guerra da Rússia na Ucrânia.

Publicidade

Líderes da Otan que se encontraram em Bruxelas, na Bélgica, concordaram em ajudar a Ucrânia a se proteger contra quaisquer ataques químicos, biológicos ou nucleares, e um oficial dos EUA disse que Washington e aliados também estavam trabalhando para fornecer a Kiev mísseis antinavio.

Entretanto, líderes dos países que representam mais da metade do PIB mundial não alcançaram as expectativas do pedido do presidente ucraniano Volodymyr Zelensky para sanções mais duras e nações da União Europeia – UE continuaram divididas em relação a impor um embargo sobre a energia russa.

A Rússia fornece 40% das necessidades de gás coletivo da UE e mais de um quarto de suas importações de petróleo, e a maioria dos países que depende desse fornecimento – em particular a Alemanha – está relutantes em tomar uma medida que teria um grande impacto na economia.

Em uma medida que tornou o dilema da Europa ainda pior, o presidente russo Vladimir Putin disse na quarta-feira (23) que países “hostis” devem pagar em rublos por petróleo e gás.

Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância