Ucrânia omite Japão de lista de países que ela agradeceu em vídeo no Twitter

Porta-voz do governo japonês diz que a omissão pode ser resultado de Tóquio não fornecer armas letais para a Ucrânia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ucrânia não incluiu Japão na lista de países que ela agradeceu pelo suporte que recebeu em sua luta contra a Rússia (banco de imagens)

O Japão não estava entre as nações que a Ucrânia agradeceu em um vídeo na mídia social destacando o suporte que recebeu em sua luta contra a Rússia, com o alto porta-voz do governo japonês dizendo nesta terça-feira (26) que a omissão pode ser resultado de Tóquio não fornecer armas letais.

Publicidade

“Presumimos que a gratidão foi mostrada no contexto de (agradecendo países que forneceram) assistência militar”, disse o secretário-chefe do gabinete Hirokazu Matsuno.

O Japão não forneceu armas letais para a Ucrânia, embora ele tenha decidido enviar equipamento de defesa incluindo coletes à prova de balas e vestimentas que protegem contra armas químicas.

“Estamos confirmando com o lado ucraniano”, disse Matsuno em uma coletiva de imprensa em Tóquio.

O vídeo de 34 segundos publicado no Twitter pelo Ministério de Relações Exteriores da Ucrânia mostra uma mulher usando roupa militar com uma locução dizendo, “A Ucrânia é grata pelo seu suporte nessa época difícil”, enquanto listava 31 nações, incluindo EUA e Reino Unido.

O governo japonês disse que não tem planos de oferecer armas letais devido aos seus três princípios sobre transferência de equipamento de defesa que proíbem tais exportações a um país que é “parte de um conflito” sob a Constituição Pacifista do país pós- Segunda Guerra Mundial.

Matsuno também disse que o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky e outros altos funcionários do governo já agradeceram ao Japão pelas suas contribuições.

Fonte: Mainichi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Honda lança veículo elétrico desenvolvido na China

Publicado em 26 de abril de 2022, em Ásia

O e:NS1 é o primeiro veículo elétrico que a Honda desenvolveu na China.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O e: NS1 pode viajar mais de 500Km com uma única carga (NHK)

A Honda está lançando um veículo elétrico (VE) na China nesta terça-feira (26), o primeiro que a empresa japonesa desenvolveu no país.

Publicidade

O modelo elétrico esporte utilitário e:NS1 é direcionado a consumidores locais. A Honda visa vender 3 mil unidades por mês.

Ele pode viajar mais de 500Km com uma única carga. A Honda diz que ele destaca aceleração suave, ao contrário de muitos carros elétricos que podem acelerar repentinamente.

O carro também permite que os motoristas usem comando de voz para controlar as janelas e ar-condicionado.

A Honda visa exportar VEs da China para a Europa nos próximos anos.

Ela planeja construir fábricas nas províncias de Hubei e Guangdong como parte de um plano para marcar sua presença na China enquanto ela avança com a eletrificação.

Cerca de 3 milhões de VEs foram vendidos na China no ano passado, tornando o país um dos mercados com alta demanda.

Mas a participação de fabricantes japonesas é relativamente baixa.

A Honda enfrenta competição com outras empresas japonesas. A Toyota e a Nissan planejam introduzir VEs na China neste ano.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência