Companhia aérea japonesa elimina ‘Z’ de logo para evitar confusão

A Zipair disse que algumas pessoas podem ver o logo atual, um ‘Z’, como indicador de que a companhia aprova a invasão da Rússia à Ucrânia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Uma aeronave da Zipair (Wikimédia Commons/Melvin)

A companhia aérea de baixo custo (LCC) Zipair Tokyo disse na quarta-feira (15) que vai deixar de usar sua logo destacando a letra Z, um símbolo pró-guerra geralmente visto em veículos militares russos, para evitar mal-entendidos.

Publicidade

O presidente da subsidiária integral da Japan Airlines disse em uma coletiva de imprensa no Aeroporto de Narita que algumas pessoas podem ver o logo atual como indicador de que a companhia aprova a invasão da Rússia à Ucrânia.

“Acredito que algumas pessoas possam se sentir dessa maneira quando veem o logo sem qualquer explicação”, disse Shingo Nishide.

A Zipair, que iniciou operações em 2020 como uma LCC especializada em voos internacionais, atualmente opera voos conectando Narita a Bangkok, Seul, Honolulu, Singapura e Los Angeles.

A letra Z foi pintada na cauda vertical de suas aeronaves B-787. O novo logo será colocado em uso no sábado (18).

Fonte: Mainichi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Coreia do Norte reporta outro surto de doença infecciosa

Publicado em 16 de junho de 2022, em Ásia

O país não cita o nome da doença ou revela seus sintomas, mas a agência de notícias sul-coreana Yonhap sugere que poderia ser febre tifoide ou cólera.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Coreia do Norte reportou surto de doença intestinal (Arco do Triunfo em Pyongyang/banco de imagens)

A Coreia do Norte reportou um surto de doença intestinal, enquanto o país continua a combater a propagação do que pode ser do coronavírus.

Publicidade

O jornal do dominante Partido dos Trabalhadores, o Rodong Sinmun, divulgou nesta quinta-feira (16) que o líder do país, Kim Jong-un, havia enviado medicamentos ao comitê do partido na cidade de Haeju, na província de Hwanghae, no sudoeste do país, onde o surto ocorreu.

O artigo tem uma foto que mostra Kim verificando os medicamentos junto com sua esposa, Ri Sol Ju.

O jornal não cita o nome da doença ou revela seus sintomas. A agência de notícias sul-coreana Yonhap sugere que poderia ser febre tifoide ou cólera.

Kim instruiu membros do partido a conterem a epidemia na data mais cedo possível ao colocar em quarentena casos suspeitos, e através de exames epidemiológicos e desinfecção.

A Coreia do Norte vem confirmando casos de febre, os quais podem ser em decorrência de infecções por covid-19, em uma base diária.

Casos estariam em declínio, com a contagem diária diminuindo para um pouco mais de 26 mil na quarta-feira (15) do pico de mais de 390 mil.

Mas o surto de novas infecções poderia colocar mais pressão sobre o sistema de saúde da Coreia do Norte.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância