Encontrada substância carcinógena no sorvete de baunilha da Häagen-Dazs

Foi encontrada em Hong Kong e em Taiwan, cujo sorvete é importado da França. A Coreia do Sul também está analisando.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Pote do sorvete de baunilha vendido na Coreia do Sul (Chuo Nippo)

Segundo o South China Morning Post (SCMP) de quinta-feira (23), a Häagen-Dazs Hong Kong pediu desculpas depois que o órgão de segurança alimentar interrompeu a venda dos dois tipos de sorvete de baunilha da empresa, importados da França, pois são suspeitos de conter uma substância não autorizada.

Publicidade

O anúncio do Centro de Segurança Alimentar (CFS) na terça-feira (21) ocorreu um dia depois que as autoridades de alimentos de Taiwan encontraram óxido de etileno, um pesticida proibido pela União Europeia, nos dois produtos que também foram mandados para Hong Kong, segundo uma investigação inicial. Os lotes em questão são sorvetes de baunilha de tamanho pequeno e a granel da Häagen-Dazs com datas de validade de 13 de abril de 2023 e 26 de outubro de 2022, respectivamente.

O óxido de etileno é classificado como um carcinógeno de primeira classe que pode induzir vários tipos de câncer quando ingerido. De acordo com a Food Safety Information Agency, o óxido de etileno é usado principalmente no processo de esterilização e limpeza de produtos agrícolas e de alimentos, e é detectado principalmente em produtos de confeitaria e alimentos saudáveis.

A empresa Häagen-Dazs Hong Kong informou que notificou as demais do mundo.

A Häagen-Dazs da Coreia do Sul explicou que o pote de sorvete de baunilha que contém essa substância tóxica, de 1 pint (473ml), é produzido na França, mas os distribuídos no país vêm dos Estados Unidos. 

A Food and Drug Administration da Coreia do Sul informou na quarta-feira (22) que realizará inspeções de segurança imediatamente nos produtos  distribuídos no país, já que é a marca mais vendida.

Fontes: Chuo Nippo e SCMP

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Crianças em Pequim precisam fazer teste PCR para brincar em parques da cidade

Publicado em 23 de junho de 2022, em Ásia

Crianças a partir de 3 anos precisarão apresentar teste com resultado negativo para entrar em parques na capital da China.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Pequim está endurecendo suas regras da covid-19, fazendo com que crianças apresentem teste com resultado negativo para entrar em parques na capital da China.

Publicidade

Crianças a partir de 3 anos precisarão apresentar um código de saúde verde no sistema que controla os movimentos das pessoas, assim como um resultado negativo para covid-19 que não passe de 72 horas, de acordo com uma declaração do Centro de Parques da Administração Municipal de Pequim.

Anteriormente, as crianças podiam frequentar parques e outros espaços públicos sem ter seus resultados de testes verificados desde que seu pais atendessem a exigências de entrada.

A China está dependendo de testes frequentes para identificar, e então anular, redes de transmissão antecipadamente mesmo com sua abordagem de tolerância zero à Covid ficar sob pressão crescente de mais variantes transmissíveis e se isolar do resto do mundo.

Enquanto Pequim tenha contido seu recente surto de covid-19 sem um lockdown disseminado, autoridades na cidade estão sob pressão imensa para controlar a situação antes do congresso do partido no segundo semestre, quando o presidente Xi Jinping deve garantir um terceiro mandato sem precedentes.

A China está instalando dezenas de milhares de cabines em todo o país, inicialmente com foco em grandes cidades, para atender a uma promessa de garantir que os cidadãos sempre estejam a 15 minutos de distância a pé de um ponto de teste da covid-19.

Fonte: Straits Times

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância