Chuvas em Hokkaido: além das vítimas, prejuízo para agricultura

As chuvas pesadas em várias cidades de Hokkaido desalojaram os residentes com as casas inundadas, além de perderem suas respectivas lavouras.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Residente de Asahikawa socorrido de bote (FNN)

A província de Hokkaido é a única que não tem estação chuvosa. No entanto, as chuvas pesadas dos últimos dias, em ampla área, causaram danos humanos e materiais.

Publicidade

O Rio Pepan transbordou em Asahikawa e os residentes tiveram que ser evacuados, muitos de barco dos bombeiros, na quarta-feira (29).

Uma pessoa da cidade de Hokuto está desaparecida por ter sido levada pela correnteza. As casas e a lavoura ficaram inundadas. Um dos residentes relatou que perdeu tudo pois o transbordamento chegou à sua cintura.

As casas de vinil onde se cultivam a abóbora kabocha amanheceram inundadas em Assabu, na quinta-feira (30), causando um choque para os que cultivam.

Inundação total da lavoura (FNN)

Em Esahi, os arrozais ficaram cobertos de lama, e as casas parcialmente inundadas também.

No sul de Hokkaido, onde choveu muito, a rodovia nacional 229 em Kumaishiayukawa-cho em Yakumo, foi fechada ao tráfego em alguns trechos devido aos efeitos de deslizamentos.

Rio transbordou e inundou a casa até a altura de metade da porta (ANN)

Fontes: ANN, FNN e HTB

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Apple aumenta os preços de grande parte dos produtos no Japão, incluindo iPhones e iPads

Publicado em 1 de julho de 2022, em Economia

A Apple do Japão está com preços novos na maioria de seus produtos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

iPhone 13 Pro de cor dourada (reprodução da HP)

Sorte para quem adquiriu os modelos mais recentes dos produtos da Apple até 30 de junho enquanto eram os mais baratos do mundo, pois a partir de sexta-feira, 1.º de julho, os preços subiram para o ajuste em relação à depreciação do iene em relação ao dólar americano, o que estava previsto. E a diferença pesa no bolso, pois é considerável.

Publicidade

No caso dos smartphones os ajustes de preços foram para as séries iPhone 12 e iPhone 13 (incluindo o Mini, Pro e Pro Max).

Tomando como exemplo o iPhone 13 Pro Max, de 256GB, passou de 146,8 mil para 174,8 mil, uma diferença de 28 mil ienes. Já o modelo com 1TB teve aumento de 40 mil, pois passou de 194,8 para 234,8 mil ienes.   

O mesmo vale para a linha iPad. Tomando como exemplo a série iPad Pro, o modelo de 128GB de 11 polegadas passou de 94,8 para 117,8 mil ienes. Se pretendia adquirir o de 2TB vai ter que desembolsar mais de 300 mil ienes, pois passou de 261,8 mil para 324,8 mil. A diferença chegou a 63 mil ienes.

A série AirPods também teve os preços ajustados e a diferença chega a 3 e 4 mil ienes, dependendo do modelo.

Além disso, irá pagar mais também pelos produtos Apple Pencil e Apple Watch.

Fontes: HP e IT Media

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência