Toyota anuncia recuperação da produção

A maior montadora do mundo pretende recuperar o atraso acelerando a produção.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Yaris da Toyota (HP)

A Toyota Motor que vem amargando uma paralisação após outra das suas linhas, afetada pela escassez de semicondutores e autopeças, formulou um plano de produção para os próximos três meses, entre agosto e outubro.

Publicidade

Em julho a produção foi suspensa em várias linhas de suas plantas domésticas em Aichi por causa de um cluster de infecção e também pelo atraso dos fornecedores afetados pelos danos causados pela chuva.

Em agosto, 9 linhas de 6 plantas serão paralisadas. Porém, a linha 1 da planta de Motomachi, na cidade de Toyota (Aichi), ficará suspensa durante todo o mês por causa do recall do veículo elétrico bZ4X.

Mas a montadora Toyota pretende recuperar esses atrasos em setembro e outubro. Anunciou que a produção diária doméstica deverá ultrapassar 13 mil unidades.

Ainda há preocupações com a escassez de semicondutores e os efeitos da pandemia do novo coronavírus. Se tudo correr conforme o planejado, a produção se recuperará gradualmente.

Fonte: Chubu Keizai

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Mulher mais rica da Ásia perde metade de sua fortuna

Publicado em 29 de julho de 2022, em Ásia

A mulher mais rica da Ásia perdeu mais da metade de sua fortuna de US$23.7 bilhões com a crise no setor imobiliário na China.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Cédulas de dólar e yuan com mapa da China (ilustrativa/banco de imagens)

A mulher mais rica da Ásia perdeu mais da metade de sua fortuna no último ano após a crise no setor imobiliário chinês.

Publicidade

Yang Huiyan, de 41 anos, principal acionista e vice-presidente da empresa chinesa de desenvolvimento imobiliário Country Garden, viu sua fortuna despencar em mais de 52%, de US$23.5 bilhões para US$11.3 bilhões no ano passado, de acordo com o Índice de Bilionários da Bloomberg.

Estima-se que o setor de propriedade conte por 18 a 30 por cento do PIB (Produto Interno Bruto) do país e é um condutor fundamental de crescimento na segunda maior economia do mundo.

A crise começou quando autoridades chinesas reprimiram dívidas excessivas no setor de propriedade em 2020, deixando grandes competidoras como a Evergrande e a Sunac com dificuldades em fazer pagamentos e forçando-as a negociar com credores enquanto elas balançavam à beira da falência.

Compradores em todo o país, furiosos com a lentidão do processo de construção e atraso nas entregas de suas propriedades, começaram a reter seus pagamentos de hipoteca para casas vendidas antes da conclusão.

Enquanto a Country Garden continuou relativamente ilesa pela turbulência da indústria, ela assustou investidores com um anúncio na quarta-feira (27) que planejava levantar mais de US$343 milhões através de uma venda de ações, parcialmente para pagar dívidas.

Yang Huiyan, de 41 anos, viu sua fortuna despencar de US$23.7 bilhões para US$11.3 bilhões (Daily Mail)

Yang herdou as ações da companhia de bilhões de dólares de seu falecido pai, Yang Guoqiang, que inicialmente era um produtor de arroz e leite que estabeleceu a companhia em Guangdong, no sul da China, em 1992.

Ele transferiu as ações para a filha em 2005 e ela se tornou a mulher mais rica da Ásia 2 anos depois com apenas 26 anos.

Fonte: Daily Mail

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência