Tufão 11 é considerado perigoso, por ser muito forte e lento

A previsão indica que o tufão muito forte poderá causar severos danos às ilhas de Okinawa e Amami.

 

Publicidade

Previsão do curso do 11.º tufão (Tenki)

Um tufão classificado de muito forte, como é o caso do 11.º, tem ventos de 44 a 54 metros por segundo, ou seja, na faixa de 180 quilômetros por hora. E a previsão é de poderá assolar as ilhas Amami (Kagoshima) e as de Okinawa

Os residentes desses locais devem se preparar para enfrentar esse tufão a partir de quarta-feira (31), principalmente quem mora na ilha Daito de Okinawa, pois há risco de destruição de casas por causa da devastadora tempestade, além das fortes chuvas que poderão causar inundações.

Por ser muito lento para se mover, por onde passar os danos aumentarão. 

Atualmente o tufão Hinnammor está sobre o Pacífico se movendo a Okinawa (Tenki)

O tufão Hinnammor está com 955hPa de pressão atmosférica central na manhã de terça-feira (30), mas deverá ganhar ainda mais potência quando se aproximar de Okinawa, com menos de 950hPa, segundo a Agência de Meteorologia do Japão (AMJ).

Além disso, à medida que se desenvolve, chegando a 935hPa, irá aumentar seu diâmetro de 210km na quarta-feira para 800km no domingo (4).

Veja a foto feita pelo satélite, do tufão Hinnammor, cujo olho pode ser visto nitidamente.

Fontes: AMJ, Tenki

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Honda construirá fábrica de baterias para veículos elétricos com a LG nos EUA

Publicado em 30 de agosto de 2022, em Notícias do Mundo

A montadora japonesa busca fornecimento estável de baterias com parceira sul-coreana.

A Honda e a LG Energy estabilizarão um empreendimento conjunto para produzir baterias de íon de lítio em Ohio (banco de imagens)

A Honda construirá uma fábrica de baterias para veículos elétricos (VEs) nos EUA com a LG Energy Solution, uma grande fabricante sul-coreana, soube o site Asia Nikkei em reportagem divulgada na segunda-feira (29).

Publicidade

As duas companhias devem gastar várias centenas de bilhões de ienes na nova instalação. A construção começará em 2023 com uma meta de iniciar a produção em massa no ano de 2025.

A mudança para veículos elétricos deve avançar rapidamente nos EUA, e a Honda quer garantir baterias para automóveis. Essa será a primeira planta de baterias para VEs da Honda, a qual visa desenvolver um fornecimento estável ao se juntar com a companhia sul-coreana.

A Honda e a LG Energy estabilizarão um empreendimento conjunto para produzir baterias de íon de lítio em Ohio, onde a principal planta da montadora japonesa está localizada.

A LG Energy detém a segunda maior participação do mercado de baterias globais após a Contemporary Amperex Technology da China. Além da General Motors, a companhia estabilizou um empreendimento conjunto para desenvolver baterias na América do Norte com a Stellantis da Europa para aumentar sua capacidade de produção.

Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros