Contagem regressiva de Ano Novo é cancelada em Shibuya 

Embora o número de infecções por coronavírus tenha se estabilizado neste ano, o comitê decidiu cancelar o evento de réveillon.

Ano Novo em Shibuya no ano de 2017 (Flickr/Dick Thomas Johnson)

O Comitê Executivo de Contagem Regressiva de Ano Novo de Shibuya anunciou o cancelamento do evento deste ano no famoso cruzamento em Tóquio pelo 3º ano consecutivo.

Publicidade

Em uma declaração publicada no site do distrito de Shibuya, o comitê executivo disse que o evento, o qual costumava atrair dezenas de milhares de pessoas a cada ano até 2019, poderia causar um foco de infecções por covid-19.

Embora o número de infecções tenha se estabilizado neste ano, o comitê decidiu cancelar o evento devido a preocupações em relação à propagação da altamente contagiosa variante ômicron.

Com cooperação do app TikTok, funcionários do distrito criarão vídeos pedindo aos jovens que evitem visitar a área para celebrações de Ano Novo.

A situação continua imprevisível. Beber em espaços públicos será proibido em parques e ruas em torno da estação de Shibuya durante o feriado de fim e início de ano. Peço às pessoas que evitem ir a locais a céu aberto para celebrações de contagem regressiva”, disse o prefeito de Shibuya, Ken Hasebe.

Fonte: Japan Today

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Japão inicia vacinações contra a variante ômicron em locais de trabalho

Publicado em 18 de outubro de 2022, em Sociedade

Dentre tais companhias, a All Nippon Airways e a Japan Airlines começaram a vacinar pilotos e tripulação de cabine no aeroporto de Haneda.

As vacinas específicas para ômicron podem ser administradas a pessoas que receberam uma segunda dose (NHK)

Empresas japonesas começaram a inocular funcionários na segunda-feira (17) usando vacinas que têm como alvo a predominante variante ômicron da covid-19.

Publicidade

Dentre tais companhias, a All Nippon Airways (ANA) e a Japan Airlines (JAL) começaram a vacinar pilotos e tripulação de cabine no aeroporto de Haneda (Tóquio).

As duas companhias aéreas estão usando uma vacina da Moderna que tem como alvo a cepa original do vírus e a variante BA.1 da ômicron.

A Itochu Corporation também começou suas vacinações em locais de trabalho. Outras companhias seguirão a tendência assim que estiverem preparadas.

As vacinas específicas para ômicron podem ser administradas a pessoas que receberam uma segunda dose. No mês passado, o Japão começou a administrá-las principalmente para os idosos.

O ministério diz que até a quarta-feira (12) ele havia recebido de mais de 700 locais de trabalho a nível nacional solicitações para o programa.

Fonte: Nippon, Jiji, NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros