Difíceis ingressos do Ghibli Park prestes a ser inaugurado

O tão esperado Ghibli Park em Aichi tem um sério problema com a gestão dos ingressos, difíceis de serem adquiridos mas foi feita uma melhoria.

Ghibli Park (CTV)

Os ingressos para o Ghibli Park, que será inaugurado em 1.º de novembro, na cidade de Nagakute (Aichi), serão vendidos por ordem de chegada a partir de fevereiro próximo, em uma tentativa de facilitar a aquisição.

Publicidade

Como existia o risco de que as inscrições para a aquisição de ingressos do Ghibli Park chegasse a ficar congestionado, as inscrições para a compra deles estão sendo recebidas com 3 meses de antecedência da inauguração e ainda por cima, por sorteio.  

O governo da província de Aichi resolveu mudar essa política e informou que venderá os ingressos por ordem de pedido, a partir de 10 de novembro, mas para desfrutar do parque só depois de fevereiro de 2023.

Ghibli Park (CTV)

Até o momento, os ingressos estavam sendo vendidos por área a ser visitada, mas em resposta aos inúmeros pedidos de querer visitar outras em um único dia, foi criado um ingresso casado de 2 áreas.

As áreas são Dondoko Forest, Seishun no Oka (Hills of Youth) e Ghibli’s Grand Warehouse.  

Os ingressos não são caros comparando com outros parques temáticos, mas são difíceis de adquiri-los no momento. Variam de mil a 3,5 mil ienes, dependendo da área, para adultos. No caso das crianças (4 anos ao último ano do primário), custam a metade.

Além disso, há horários pré-estabelecidos para entrar, de hora em hora, entre 10h e 15h. 

Estão à venda no Boo-Woo Ticket ou no Loppi da rede de lojas de conveniência Lawson.

Fontes: Gov. Aichi, CTV e CBC TV 

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Russos são culpados por série de roubos de câmeras de radares na Suécia

Publicado em 25 de outubro de 2022, em Notícias do Mundo

Teoria surgiu de que a Rússia está usando as câmeras para serem colocadas em drones.

Uma câmera de controle de velocidade na Suécia (Wikimedia Commons)

Trabalhando na escuridão, ladrões estão removendo uma série de câmeras de velocidade sofisticadas de radares na beira de estradas por toda a Suécia, mas quem está por trás desses roubos misteriosos?

Publicidade

Uma teoria bizarra é que a Rússia está por trás do ato de desaparecimento e está usando as câmeras suecas para montar drones que estão sendo acionados na Ucrânia.

Autoridades suecas ficaram se perguntando após 70 dos distintos fartkameror azuis, que são usadas para impor limites de 70 a 90Km/h, desapareceram em um período de 8 dias em agosto em Estocolmo e Uppsala.

Os ataques noturnos pararam em setembro, mas começaram novamente com o sumiço neste mês de mais 80 câmeras, as quais custam cerca de US$22 mil cada.

Os dispositivos contêm câmera altamente sofisticada, flash, radar e um processador, todos os quais poderiam ser usados em drones.

A Rússia foi agora culpada pelo ataque após a recente descoberta de uma câmera de tipo similar àquela usada em câmeras suecas em um drone feito na Rússia que foi enviado para espionagem na Ucrânia.

Anteriormente, o Ministério da Defesa da Ucrânia publicou um vídeo de um drone russo quebrado sendo aberto. Ele tinha uma câmera da Canon, similar àquela usada na de velocidade da Suécia, acoplada ao drone com um velcro.

A polícia sueca disse que câmeras de velocidade foram vandalizadas na Suécia no passado, mas esporadicamente e por motoristas descontentes que foram multados.

Mas a escala absoluta desses ataques específicos contra câmeras de velocidade levou alguns a teorizarem que a Rússia poderia estar por trás.

Lars Wilderang, autor de um popular blog militar sueco, especula que as sanções devastadoras sobre tecnologia impostas sobre a Rússia pelo Ocidente forçaram Moscou a buscar soluções criativas destinadas a acessar componentes que eles podem usar para equipamento militar.

“Os ladrões vêm de algum lugar, mas compradores vêm de mais lugares”, disse Wilderang. “Você não faz essas coisas de grandes roubos sistemáticos a menos que você tenha alguém fazendo o pedido dos produtos”.

Fonte: Mail Online

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!