Comissário de bordo morre após sofrer ataque cardíaco em voo

Uma hora e meia depois no voo, o comissário sofreu um ataque cardíaco enquanto a aeronave sobrevoava o Iraque.

Uma aeronave da Gulf Air (banco de imagens)

Um comissário de bordo sofreu um ataque cardíaco em pleno ar e morreu enquanto trabalhava em um voo que partiu de Barém com destino a Paris, na França, na semana passada.

Publicidade

O comissário da companhia aérea Gulf Air, Yasser Saleh Al Yazidi, fazia parte da tripulação de cabine no voo GF19, que partiu de Barém à 1h40 de terça-feira (22).

Tragicamente, uma hora e meia depois no voo, o comissário sofreu um ataque cardíaco enquanto a aeronave sobrevoava o Iraque, a uma altitude de 34 mil pés, de acordo com o site Daily Mail.

O voo fez um pouso de emergência na cidade iraquiana de Erbil para que Yasser pudesse receber cuidados médicos.

O avião estava sendo aguardado por uma equipe médica que transportou o comissário para um hospital nas proximidades. Ele teve a morte pronunciada na chegada.

O voo ficou parado por cerca de 4 horas no Aeroporto Internacional de Erbil antes dos passageiros poderem continuar com a viagem até Paris.

“A companhia aérea nacional manifesta suas mais profundas condolências aos familiares do comissário e confirma que o voo foi retomado para Paris como programado”, de acordo com uma declaração divulgada pela Gulf Air.

Enquanto tripulações de cabine sejam tipicamente treinadas para administrar primeiros socorros, a maioria dos voos comerciais não é equipada com aparelhagem médica especializada, o que significa que as aeronaves devem fazer um pouso de emergência quando problemas médicos graves surgem durante uma jornada.

Fonte: New York Post

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Urso de estimação ataca e mata dono japonês

Publicado em 29 de novembro de 2022, em Sociedade

Um urso adotado como pet atacou seu dono e o matou quando foi levar ração.

Imagem meramente ilustrativa de um urso negro asiático (Wikimedia)

Por volta das 9h20 do dia 28, uma pessoa da família da vítima, o japonês 丸山明, 75, residente em Matsumoto (Nagano), ligou para a polícia pedindo socorro porque foi atacado pelo urso de estimação.

Publicidade

Segundo a polícia, o idoso japonês foi encontrado desmaiado na frente da jaula do urso em sua propriedade. Embora tenha sido socorrido e levado para o hospital, foi confirmada sua morte.

O urso negro asiático de estimação, macho, de cerca de 1 metro e peso de 80 quilos, teria atacado o seu dono quando estava cuidando dele, dando-lhe ração.

Quando os amigos caçadores souberam disso, trataram de matá-lo para evitar outro incidente trágico como esse. Nessa ocasião, a polícia já tinha chegado para o resgate e o urso estava rondando perto da vítima, seu dono.

De acordo com o Centro de Saúde Pública da cidade, como o urso é um animal que pode causar danos humanos, é preciso ter uma licença para tê-lo como pet.

Maruyama, a vítima, tinha permissão para manter o urso desde 2004 e, quando inspecionaram a estrutura e as fechaduras da jaula em maio deste ano, não encontraram nenhum problema. 

Jaula do urso de estimação e o animal morto a tiros sob o plástico azul (SBC)

Fontes: Mainichi e SBC

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros