Drones vão patrulhar rios do Japão

A meta é reduzir gradualmente a frequência de patrulhas humanas e melhorar a eficiência e sofisticação de gestão de rios.

Ilustrativa (banco de imagens)

O governo planeja usar drones em uma base de escala integral a partir do próximo ano fiscal para detectar atividades ilegais e pontos perigosos em rios.

Publicidade

A meta é reduzir gradualmente a frequência de patrulhas humanas e melhorar a eficiência e sofisticação de gestão de rios. Os fundos para esse projeto serão incluídos no projeto de orçamento para o ano fiscal de 2023.

Atualmente, patrulhas em rios são conduzidas principalmente por empresas contratadas encomendadas pelo Ministério da Terra, Transporte e Turismo, usando veículos de patrulha para monitorar condições de rios e uso.

Patrulhas também são conduzidas a pé e por barco em margens de rios e outras áreas inacessíveis a veículos.

Contudo, é demorado e trabalhoso inspecionar visualmente um rio vasto, e dependendo do nível da água e outras condições, pode não ser possível garantir a segurança de quem patrulha.

Comparado com a visão humana, drones podem fornecer informação detalhada como danos a diques, movimento de sedimentos e mudanças em árvores.

Além disso, a habilidade dos drones de observar uma área ampla deve facilitar a detecção de descarte ilegal de lixo e vários locais perigosos.

No futuro, drones devem sobrevoar rios para propósitos de logística.

Fonte: Yomiuri

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Três trabalhadores soterrados em indústria de Mie, um deles morre

Publicado em 28 de novembro de 2022, em Sociedade

Eles estavam trabalhando na inspeção de um grande equipamento quando ficaram soterrados em um grande tanque que resfria os resíduos queimados.

Unidades dos bombeiros e ambulâncias na indústria em Mie (Nagoya TV)

De acordo com as informações do Corpo de Bombeiros, por volta das 11h20 de segunda-feira (28), entrou uma ligação para o 119 da indústria de materiais de construção não combustíveis Chiyoda Ute, situada em Takamatsu, cidade de Kawagoe (Mie), pedindo socorro para 3 trabalhadores.

Publicidade

Quatro ambulâncias e 7 unidades de socorro foram enviadas da cidade de Yokkaichi (Mie) para a atividade de resgate.

Os 3 trabalhadores ficaram soterrados pela imensa quantidade de resíduos de madeira. Dois foram retirados já com parada cardiorrespiratória e o terceiro foi resgatado após as 12h. Todos foram encaminhados imediatamente para o hospital. 

Acredita-se que quando realizavam o trabalho de inspeção em um coletor que esfria as lascas de madeira queimada, uma grande quantidade de cavacos (pequenos pedaços de madeira resultantes de trituração) caiu sobre eles e ficaram soterrados. 

Segundo a indústria, os 3 trabalhadores são terceirizados e têm idade entre 30 e 50 anos. Um deles, da casa dos 30 anos, morreu; outro está em estado grave e mais um parece estar fora de perigo. 

Os peritos da polícia estão investigando a causa desse acidente de trabalho.

Atualização: no final do mesmo dia a mídia japonesa informou que mais um trabalhador morreu, portanto, foram 2 vítimas.

Parte da equipe de resgate na indústria (CBC TV)

Fontes: CBC TV, Nagoya TV, CTV e Sankei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros