Regaleco encontrado vivo em Toyama: 3.º caso em 60 anos

O pescador disse que levou um susto ao ver um peixe comprido entrando na sua rede. Depois que soube que era um regaleco considerou que é sortudo.

Regaleco dentro do tanque do porto de pesca da cidade de Toyama (Tulip TV)

O peixe-remo ou regaleco, o qual vive nas profundezas do oceano, foi encontrado vivo dentro da rede de um pescador, na manhã de sexta-feira (11), na costa da cidade de Toyama (província homônima). 

Publicidade

Segundo o pescador, esse regaleco mede 4,5 metros de comprimento e foi levado para um tanque, tornando-se atração entre os pescadores.

É raro encontrá-lo vivo e, de acordo com o Aquário de Uozu, apenas dois casos foram confirmados na Baía de Toyama nos últimos 60 anos, desde 1962. 

“É muito raro ver algo assim. Acho que tive muita sorte”, disse o pescador.

Como é um peixe das profundezas, no momento da gravação da matéria percebia que já estava enfraquecido. 

Mais tarde, cerca de 3 horas depois da gravação, soube-se que o regaleco morreu.

Diz a lenda que o regaleco prenuncia um terremoto. Embora não tenha ocorrido nenhum no Japão, o Chile amargou 3 fortes no dia seguinte.

Coincidentemente, foi encontrado um regaleco de 4,5 metros no Chile em 7 deste mês. Naquele país também há uma crendice de que encontrar esse pescado das profundezas na superfície é prenúncio de abalo sísmico.

Fonte: Tulip TV

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Três fortes terremotos estremecem Chile

Publicado em 14 de novembro de 2022, em Notícias do Mundo

Ocorreu uma sequência de terremotos no Chile, sendo que dois deles foram de magnitude 6,2.

O ponto vermelho indica o epicentro dos terremotos no Chile (Google Maps)

Os movimentos telúricos ocorridos na região da Araucanía, no Chile, ocorreram com poucos minutos de diferença e marcaram entre 6,2 e 5,2 de magnitude.

Publicidade

O terremoto de magnitude 6,2 ocorreu às 11h24 no horário de Tóquio, no domingo (13) e 23h24 de sábado (12) no Chile. Esses abalos sísmicos causaram danos à infraestrutura e até segunda-feira (14) não há notícias de vítimas.

Os três movimentos telúricos ocorreram com poucos minutos de diferença, e marcaram 6,2, depois 5,2 e quase um minuto depois 6,2, segundo as medições do centro sismológico da Universidade do Chile.

O alerta de tsunami não foi disparado na província de Bío Bío, localizada a mais de 500 quilômetros ao sul de Santiago do Chile.

O portal de notícias Bío Bío Chile informou que “pelo menos oito terremotos foram sentidos na noite de sábado e no início de domingo, entre as regiões de Maule e Los Ríos”.

Os terremotos causaram quedas de energia ao longo da costa de Lebu e grande parte de Concepción, além de pequenos danos a edifícios e outras infraestruturas, acrescentou a Bío Bío Chile.

O Chile está localizado na zona sudeste do Anel de Fogo do Pacífico, a zona mais sísmica do mundo, e sofre com centenas de pequenos movimentos telúricos devido à subducção da placa de Nazca sob a placa sul-americana.

Fontes: News Digest, DW e El Comercio

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros