Coreia do Norte dispara míssil balístico, diz governo do Japão

Pyongyang tem testado mísseis balísticos, incluindo os intercontinentais, a um ritmo sem precedentes neste ano.

O líder supremo da Coreia do Norte, Kim Jong-un (Wikimedia Commons/Alexei Nikolsky, The Presidential Press and Information Office)

A Coreia do Norte lançou o que parece ser um míssil balístico, disse o governo japonês nesta sexta-feira (23).

Publicidade

Autoridades estimam que o míssil caiu fora da Zona Econômica Exclusiva (ZEE) do Japão.

O mais recente lançamento ocorre após a Coreia do Norte ter disparado dois mísseis balísticos em direção ao Mar do Japão no domingo (18) que também caíram fora da ZEE do arquipélago japonês.

Pyongyang tem testado mísseis balísticos, incluindo os intercontinentais, a um ritmo sem precedentes neste ano em desafio às resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Fonte: News and Culture

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Preços devem aumentar no Japão para mais de 7 mil itens alimentícios

Publicado em 23 de dezembro de 2022, em Sociedade

A pesquisa compilou dados de preços de 105 fabricantes listadas na indústria de alimentos e bebidas.

Preços para um total de 7.152 itens devem subir de janeiro a abril (ilustrativa/banco de imagens)

De acordo com a empresa de pesquisa de crédito Teikoku Databank, preços de itens alimentícios continuarão a subir no Japão nos primeiros 4 meses de 2023.

Publicidade

Mais de 7 mil produtos ficarão mais caros com o alto custo de logística e pessoal, assim como de materiais.

Preços para um total de 7.152 itens devem subir de janeiro a abril, com valor 18% maior em média do nível atual, acima do aumento de 14% de 2021 para 2022, de acordo com dados divulgados pela Teikoku Databank na quarta-feira (21).

O ritmo dos aumentos será 1,5 vez maior do que aquele para o mesmo período deste ano, visto que o rápido enfraquecimento do iene contra outras grandes moedas, como o dólar dos EUA, aumentou os custos acentuadamente para comida e bebidas importadas.

Desde o fim de novembro, 4.425 itens alimentícios ficariam mais caros no primeiro trimestre de 2023, mas companhias decidiram aumentar os preços de mais produtos ao longo das três semanas seguintes.

Estima-se que os preços de 60% dos 7.152 itens subam em fevereiro, que seria o segundo “rush de aumento” após o custo de aproximadamente 7 mil itens ter subido em outubro, mostrou a pesquisa.

O custo de 20.822 itens subiu em 2022 após o governo ter aumentado seu preço de venda de trigo importado em abril, enquanto aquele de produtos feitos principalmente a partir de óleo de cozinha e soja também ter subido.

A pesquisa compilou dados de preços de 105 fabricantes listadas na indústria de alimentos e bebidas.

Fonte: News and Culture

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros