Coreia do Norte executa dois adolescentes por assistirem filmes sul-coreanos

Os adolescentes, de 16 e 17 anos, foram mortos por pelotão de fuzilamento na cidade de Hyesan em outubro.

Ilustrativa (banco de imagens)

Dois adolescentes na Coreia do Norte foram mortos pelo pelotão de fuzilamento por assistirem e venderem filmes da vizinha Coreia do Sul.

Publicidade

Os jovens, que tinham entre 16 e 17 anos, foram mortos a tiros em um campo de aviação em frente a residentes aterrorizados na cidade de Hyesan, na fronteira com a China, em outubro, apesar da notícia da morte dos adolescentes ter surgido apenas na semana passada.

Um terceiro adolescente com cerca da mesma idade foi executado junto com eles por assassinar sua madrasta.

Mídia estrangeira, particularmente qualquer coisa considerada “ocidental”, é estritamente proibida na Coreia do Norte, que faz lavagem cerebral em sua população para apoiar o regime dominante.

Kim Jong-un vê a Coreia do Sul como um boneco de estado americano e está atento a qualquer mídia de fora cruzando a fronteira.

Mas apesar dos controles rigorosos, tais itens são geralmente contrabandeados para o país em unidades USB ou cartões SD.

Esses são tipicamente trazidos pela fronteira com a China e então comercializados entre os norte-coreanos.

O regime comunista usa informantes recrutados da população geral a fim de pegar aqueles que vendem as unidades.

Tais execuções são raras na Coreia do Norte, mas não é sem precedentes, e são tipicamente usadas para aterrorizar pessoas em obediência quando autoridades temem a violação de regras.

Jovens norte-coreanos que são pegos assistindo filmes estrangeiros podem ser enviados a um centro de trabalho, disse uma fonte em Hyesan.

Uma segunda infração significa ser mandado para um campo correcional por 5 anos junto com seus pais, como punição por falharem em disciplinar seus filhos.

Mas qualquer um que for pego distribuindo filmes sul-coreanos pode enfrentar pena de morte, mesmo se forem menores de idade, acrescentou a fonte.

Fonte: Daily Mail

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Kit de teste simultâneo de coronavírus e influenza Fujirebio é aprovado para venda

Publicado em 6 de dezembro de 2022, em Sociedade

O governo autorizou a fabricação e venda do kit de teste duplo nas drogarias e online.

Kit de teste de coronavírus e influenza da Fujirebio (divulgação)

A Fujirebio, com sede em Tóquio, fabricante de agentes de teste do H.U. Group Holdings, obteve aprovação do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar do Japão (MHLW), na segunda-feira (5), para venda comercial do kit de teste de antígeno que verifica simultaneamente a presença ou ausência de infecção pelo novo coronavírus e influenza. 

Publicidade

O MHLW anunciou essa aprovação no mesmo dia, como a primeira desse tipo de teste duplo

O kit de teste duplo foi designado como um produto de uso medicinal de classe 1. Será possível vendê-lo em farmácias e em lojas online, o que poderá levar ao aprimoramento do sistema de fiscalização.

Em agosto de 2021, a Fujirebio obteve aprovação para fabricar e vender kits de testes simultâneos para uso médico somente em hospitais e clínicas.

Ao passar o cotonete na cavidade nasal para obter o muco, a presença ou ausência de infecção pode ser verificada em cerca de 20 minutos. 

A aprovação foi rápida tendo em vista que a solicitação foi protocolada em 1.º deste mês no MHLW. A fabricante começará a produção para colocar o kit à venda sem prescrição médica.

A Fujirebio ainda não informou o preço do kit de duplo teste e tampouco quando iniciará as vendas ao consumidor final. 

Fontes: Nikkei e NTV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros