Gripe aviária em Aichi afeta granjeiros, confeitarias e zoológico

Foi constatado o segundo caso de gripe aviária na mesma cidade em Aichi e isso afeta outros granjeiros, mas também outras atividades.

Gema de ovo e rocambole de confeitaria (PxHere)

Na quinta-feira (8) o governo da província de Aichi informou sobre o segundo caso de constatação da gripe aviária em uma granja de patos, para ovos e abate, também na cidade de Toyohashi, onde foi confirmado o primeiro. Dois mil patos estão sendo sacrificados. 

Publicidade

No dia 5 foi confirmado o vírus em algumas galinhas em uma granja, onde foram abatidas 310 mil aves, destinadas ao fornecimento de ovos e abate

Esses dois casos de gripe aviária afetam outras granjas, pois 39 delas que ficam no raio de 10km não podem vender as aves abatidas e os ovos das galinhas, frango, codorna e pato. As granjas estão com a criação de mais de 2 milhões de aves paradas.

Zoológico prejudicado

O Nonhoi Park, zoológico e jardim botânico, situado em Toyohashi, teve que fechar a exibição dos pássaros para evitar infecção do vírus. Também colocou lençóis sobre as gaiolas para evitar o excremento das aves silvestres, via de contágio da gripe aviária.

Para evitar a aproximação das aves selvagens, também teve que deixar de alimentar as carpas e os esforços de vigilância estão reforçados.

Confeitarias em problemas com os ovos

Ovos com gema amarelo bem escuro (PxHere)

No período que mais vendem bolos decorados as confeitarias no raio dessas granjas paradas foram afetadas pois não está recebendo entrega dos ovos.

Tiveram que buscar outros fornecedores que não sejam de Toyohashi, em um período de encomendas de Natal, quando usam 400 ovos por dia, em média.

Um dos problemas é a qualidade e a cor das gemas. Um dos donos disse que “gostamos de usar ovos de galinhas jovens”. Outro disse que, “o sabor e a cor (do bolo) mudam, dependendo da granja a cor das gemas pode ser amarelo ou laranja”, e isso é um problema, além dos preços.   

Fontes: Asahi, Tokai TV e CBC TV

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Nestlé anuncia aumento de preços, incluindo os KitKats

Publicado em 9 de dezembro de 2022, em Economia

A fabricante Nestlé informou sobre o novo aumento de preços e redução do conteúdo nas embalagens, tendo como alvo 118 itens.

Sortido de KitKat (Amazon)

A Nestlé Japan, com sede em Kobe (Hyogo), anunciou na quinta-feira (8), aumento de preços e redução do conteúdo de parte de seus produtos, no total de 118 itens, a partir de 1.º de março de 2023. 

Publicidade

Entre eles o café embalado em stick, terá aumento de cerca de 10% a 25%, como o Nescafé Excella, cuja caixa contém 26 unidades, passará de 544 para 654 ienes, já com imposto (preço sugerido).

O Nestlé Brite de 260 gramas, que atualmente custa 338, passará a 381 ienes.

Nescafé Excella em stick e Brite (HP)

O KitKat Mini, 3 unidades, cujo preço atual é de 108 ienes, passará a ¥118. Mas outros KitKats terão seus preços mantidos, mas a quantidade reduzida nas embalagens com várias unidades. 

Além disso, os preços dos caldos e consomês serão reajustados em cerca de 7% a 10%.

Entre janeiro e setembro deste ano a Nestlé já havia aumentado os preços de alguns de seus produtos, portanto, uma parte deles terá o segundo reajuste.

O motivo é o mesmo, da elevação nos custos das matérias-primas como café em grão, açúcar e trigo, entre outros, e a desvalorização do iene. 

Fontes: NHK e FNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros