Segunda-feira: 47 mil novos casos de coronavírus no Japão

Houve uma queda de cerca de 2 mil casos em relação à segunda-feira da semana passada, mas o número de mortes foi superior.

SARS-CoV-2 (CDC)

O Japão teve 47.621 testados positivo para o novo coronavírus na segunda-feira (5), aumentando a soma cumulativa para 25.268.073 pessoas infectadas nesta epidemia.

Publicidade

Nos aeroportos foram 14 passageiros, totalizando 22.559 nesta epidemia.

As províncias com maiores números são as listadas abaixo.

  1. Tóquio: 5.388
  2. Kanagawa: 3.984
  3. Hokkaido: 2.795
  4. Osaka: 2.329
  5. Hiroshima: 2.287

São 348 pacientes em estado grave, em tratamento da covid no país, tanto na UTI quanto necessitando de ventilação mecânica, 5 a menos do que no domingo.

O dia teve 117 óbitos pela covid, elevando a soma cumulativa para 50.461 mortes nesta epidemia.

Veja os dados dos testados positivo, por província no Japão.

REGIÃO
PROVÍNCIA TOTAL
Hokkaido 2.795
Tohoku
Aomori 526
Iwate 681
Miyagi 1.719
Akita 388
Yamagata 506
Fukushima 1.091
Kanto
Ibaraki 2.096
Tochigi 768
Gunma 843
Saitama 2.086
Chiba 2.252
Tóquio 5.388
Kanagawa 3.984
Hokuriku
Niigata 1.202
Toyama 277
Ishikawa 409
Fukui 305
Koshin
Yamanashi 468
Nagano 954
Tokai
Gifu 850
Shizuoka 1.291
Aichi 1.905
Mie 1.039
Kinki
Shiga 315
Quioto 455
Osaka 2.329
Hyogo 1.499
Nara 299
Wakayama 337
Chugoku
Tottori 298
Shimane 240
Okayama 811
Hiroshima 2.287
Yamaguchi 405
Shikoku
Tokushima 125
Kagawa 265
Ehime 420
Kochi 147
Kyushu
Fukuoka 1.188
Saga 257
Nagasaki 287
Kumamoto 561
Oita 435
Miyazaki 286
Kagoshima 332
Okinawa 220
TOTAL GERAL 47.621
Fontes: MHLW e NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Procurados pela Interpol, 3 ingleses presos por roubo no Japão

Publicado em 5 de dezembro de 2022, em Notícias do Mundo

Os 3 assaltaram uma joalheria em Tóquio há 7 anos e nessa ocasião, um deles feriu o segurança para que os comparsas pudessem levar as joias.

Roubo na joalheria em Tóquio, por 3 ingleses, há 7 anos (arquivo da FNN)

A polícia japonesa informou no sábado (3) que 3 ingleses que estavam na lista dos procurados pela Interpol, a pedido do Japão, desde 5 anos atrás, foram capturados na Inglaterra

Publicidade

Em novembro de 2015 os 3 ingleses assaltaram a joalheria Harry Winston, em Omotesando, Tóquio. Um deles espancou o vigilante enquanto os comparsas agiram rapidamente quebrando as vitrines para o roubo das joias, como anéis e colares de diamantes, avaliados em 100 milhões de ienes.

Como resultado da análise das imagens das câmeras de segurança, o Departamento de Polícia Metropolitana identificou um grupo de cidadãos britânicos que entraram no Japão pelo aeroporto de Narita 2 dias antes do roubo e partiram para o Reino Unido 2 dias depois. 

Foi obtido um mandado de prisão por suspeita de roubo e lesão corporal, e um acordo internacional foi feito por meio da Interpol dois anos depois do crime.

Como o Japão e a Inglaterra não têm um acordo de extradição, está em andamento uma audiência sobre o caso. 

Se eles forem extraditados para o Japão, de forma extraordinária, será o primeiro caso.

Fontes: FNN e NHK 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros