Temporada de esqui começa em Kobe

A pista no Rokkosan Snow Resort tem cerca de 260 metros de comprimento e foi feita com 8,9 mil toneladas de neve.

A pista no Rokkosan Ski Resort em Kobe (Hyogo) iniciou no sábado, 3 de dezembro de 2022 (FNN)

Uma pista de esqui artificial perto do cume do Monte Rokko (Rokkosan) iniciou operações para essa temporada no sábado (3), aumentando as esperanças de aumento dos turistas nacionais e do exterior para melhorar os negócios da região.

Publicidade

Um grande número de esquiadores e praticantes de snowboard usando fantasias de games foi visto o sábado no Rokkosan Snow Resort, que fica na cidade de Kobe (Hyogo), visto que a operadora não cobrou entrada e nem ingressos para o teleférico se eles viessem fantasiados.

O resort começou a se preparar para a temporada no fim de outubro e produziu cerca de 240 toneladas de neve nesse dia com máquinas de fazer gelo, disseram funcionários.

Agora, a pista que tem cerca de 260 metros de comprimento e feita com 8,9 mil toneladas de neve está pronta para receber mais esquiadores e snowboarders.

Em 2018, o local recebeu 146 mil visitantes, o maior número em anos recentes.

Mas o número caiu pela metade no ano fiscal de 2020 devido à pandemia de coronavírus.

Nos anos fiscais de 2020 e 2021, nenhum turista veio do exterior.

Entretanto, a operadora tem a esperança de que isso mudará neste inverno, visto que o Japão flexibilizou as restrições de viagem para turistas do exterior a partir deste outono.

Para mais informação sobre o Rokkosan Snow Resort, toque aqui.

Fonte: Asahi

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Japão permitirá uso de drones em áreas urbanas a partir desta semana

Publicado em 5 de dezembro de 2022, em Sociedade

A revisão da lei deve levar à utilização plena de drones por uma ampla variedade de indústrias, principalmente a de logística que enfrenta escassez de mão de obra.

Ilustrativa (banco de imagens)

A lei civil de aeronáutica revisada do Japão entra em vigor nesta segunda-feira (5), permitindo o uso de drones além da linha de visão dos pilotos acima de áreas residenciais incluindo distritos urbanos.

Publicidade

A revisão da lei deve levar à utilização plena de drones por uma ampla variedade de indústrias, principalmente as de logística que enfrenta escassez de mão de obra, levando muitas empresas relacionadas a se prepararem para o uso de drones em seus futuros serviços.

Atualmente, drones têm permissão para sobrevoar em áreas urbanas apenas quando operadores podem monitorá-los visualmente.

A lei revisada relaxará esses regulamentos, abrindo caminho para os chamados voos de drone de nível 4 em que operadores sobrevoam os veículos aéreos não tripulados em espaço aéreo acima de áreas urbanas mesmo fora de sua linha visão.

Será exigido que operadores obtenham certificados de aeronaves e qualificações de piloto. Eles também precisarão ter permissões com antecedência sobre medidas de segurança do Ministério da Terra para cada voo de drone.

Em sua maioria, atualmente, os drones são usados para espalhar pesticida e inspecionar infraestrutura.

Como as áreas onde drones têm permissão para sobrevoar serão expandidas para incluir as residenciais, a pequena aeronave deverá ser utilizada para logística e serviços de segurança, assim como fotografia aérea, disseram pessoas com conhecimento do assunto.

De acordo com um relatório de negócios de drones pelo Instituto de Pesquisa Impress, o tamanho do mercado de drones, incluindo serviços e equipamentos, deve expandir para ¥800 bilhões no ano fiscal de 2027.

Fonte: Jiji, Arab News

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros