Cidade mais fria do mundo registra 50 graus negativos

Lar para menos de 1 milhão de residentes, os invernos em Yakutsk podem ser extremos, mesmo para padrões russos.

Imagem de Yakutsk há alguns anos (Filckr/Conservation of Arctic Flora and Fauna- CAFF)

Você pensa que seu inverno é gelado? As temperaturas na cidade mais fria do mundo caíram para 50 graus negativos (-58 graus Fahrenheit).

Publicidade

A cidade de Yakutsk, no leste da Sibéria, identificada amplamente como um dos locais mais frios do mundo, tem visto uma onda de frio anormalmente longa.

Janeiro é o mês mais frio na cidade e, embora eles já estejam acostumados com temperaturas congelantes, residentes nessa região remota estão tomando precauções extras para se manterem aquecidos.

“Você pode lutar contra isso”, disse à Reuters um residente que estava vestindo dois cachecóis e várias camadas de luvas, chapéus e capuz. “Você se ajusta e se veste de acordo com a situação ou o que você sofre”.

Fazer camadas, de acordo com uma outra residente que vende peixe congelado em um mercado local, é a chave. “Simplesmente vista-se de forma quente, como um repolho”, disse ela.

Lar para menos de 1 milhão de residentes, os invernos em Yakutsk podem ser extremos, mesmo para padrões russos.

Mas a cidade atraiu atenção internacional em julho quando névoa de incêndios florestais nas proximidades arrasou florestas, cobrindo a região com fumaça densa.

Cientistas manifestaram graves preocupações com a frequência crescente dos incêndios causados pela mudança climática no Ártico siberiano.

Fonte: CNN

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Procurado pela invasão da área do Palácio Imperial e agressão é um estrangeiro

Publicado em 17 de janeiro de 2023, em Sociedade

O homem que agrediu um guarda imperial e fugiu foi encontrado e preso.

Vista aérea da área do Palácio Imperial (TENY)

Na segunda-feira (16) a polícia informou que encontrou e prendeu o homem que fugiu depois de uma ocorrência no jardim do Palácio Imperial, por volta das 13h30 de 7 deste mês.

Publicidade

O estrangeiro é um neozelandês de 23 anos, cujo nome não foi divulgado. É suspeito de invasão de uma área restrita dos Jardins Leste do Palácio Imperial, situado em Chiyoda-ku, Tóquio.

Um guarda imperial o viu, avisou que a entrada é proibida e fez perguntas de rotina. 

O guarda imperial foi empurrado, depois sofreu uma agressão no rosto, ficando com um hematoma, e o estrangeiro fugiu pelo portão principal.  

O caso foi denunciado no Departamento de Polícia Metropolitana, o qual abriu investigação.

Na busca pelo estrangeiro, o neozelandês foi encontrado e passa a responder como suspeito de obstrução da atividade pública e agressão.

A polícia não informou se ele admite ou não o que fez.

Ponto vermelho mostra o local invadido (TENY)

Fonte: TENY

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros