Polícia homenageia filipina e japonês pelas atitudes para salvar um menino pequeno

A filipina viu uma criança pequena perdida quando dirigia. Parou o carro, socorreu o menino e encontrou um modo de chamar a polícia.

Filipina e japonês homenageados pela polícia (Asahi)

Uma mãe de quatro filhos e um japonês receberam um diploma de agradecimento da polícia por terem ajudado uma criança perdida que ela encontrou acidentalmente.

Publicidade

Antes da 1h da manhã do dia 9 de novembro do ano passado, a filipina Mary Jane Mariano Tsunoda, 49, estava dirigindo por Kasuga (Fukuoka), quando notou um menino pequeno.

Ele estava sozinho e chorando. Ela parou o carro, o chamou e ele foi em sua direção. Pegou um cobertor que tinha no carro e o enrolou para aquecê-lo.  

Procurou pelo seu smartphone e se deu conta de que o esqueceu em casa. Aí ouviu uma voz que vinha das imediações e foi falar com a pessoa. Era o japonês 石田裕哉, 19 anos, um bombeiro. Pediu a ele para ligar para o 110

A polícia foi até o local, levou o menino e o devolveu em segurança para seus pais. Depois, soube que tinha apenas 2 anos de idade e, enquanto a mãe cochilava, ele destrancou a porta e saiu sozinho.

Mary Jane veio das Filipinas há quase 30 anos e tem uma família com 4 filhos. “Fiquei aliviada quando soube que pode voltar para a mãe dele”, contou.

Fonte: Asahi 

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Ex-ministro da Coreia do Norte, encarregado das negociações com os Estados Unidos, teria sido executado

Publicado em 6 de janeiro de 2023, em Ásia

O ex-ministro norte-coreano Ri Yong Ho foi expurgado, mas ainda não está claro se foi executado.

Ex-ministro das Relações Exteriores da Coreia do Norte (arquivo da NHK, de 2018)

O Serviço de Inteligência Nacional da Coreia do Sul (NIS) confirmou na quinta-feira (5) que o ex-ministro das Relações Exteriores da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, foi expurgado, embora ainda não se saiba se ele foi executado.

Publicidade

“Em relação aos recentes relatos da mídia sobre o então ministro das Relações Exteriores, Ri Yong Ho, foi confirmado que ele foi expurgado, mas se ele foi executado ainda não está claro”, disse o legislador Youn Kun Young à imprensa. 

Youn e outros membros do Comitê de Inteligência da Assembleia Nacional foram informados pela agência em uma reunião na quinta-feira. O NIS não forneceu motivos para o expurgo do ex-ministro.

A confirmação veio um dia depois que um jornal japonês noticiou que Ri pode ter sido executado no ano passado, citando fontes não identificadas.

Diplomata de carreira, serviu como embaixador na Grã-Bretanha, foi nomeado ministro das Relações Exteriores da Coreia do Norte em 2016.

Conhecido por sua familiarização com os assuntos dos EUA, participou de negociações de desnuclearização com os Estados Unidos, no governo Trump, enquanto exercia o cargo. Em 2020, veio à tona que ele havia sido substituído por Ri Son Gwon, um ex-militar.

Reunião entre Trump e Kim Jong-un, e o então ministro apontado em círculo vermelho (arquivo da NHK, de 2016, via TV Central da CN)

Fontes: NHK, Mainichi e Koreia Joongang Daily

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros