Ford anuncia corte de 11% de sua força de trabalho na Europa

O plano faz parte dos esforços da companhia de criar uma ‘estrutura de custo mais simples e competitiva para a Ford na Europa’.

Cerca de 3,8 mil postos de trabalho da Ford serão cortados na Europa (banco de imagens)

A Ford anunciou planos de cortar 3,8 mil postos de trabalho por toda a Europa, citando condições econômicas difíceis e seu esforço significativo em direção aos veículos elétricos.

Publicidade

A montadora dos EUA disse na terça-feira (14) que cortaria cerca de 2,3 mil empregos na Alemanha, 1,3 mil no Reino Unido e 200 no resto da Europa ao longo de 3 anos. As demissões serão feitas nos departamentos de desenvolvimento de produtos e administrativo da companhia.

Os cortes chegam a 11% da força de trabalho da Ford na região.

O plano faz parte dos esforços da companhia de criar uma “estrutura de custo mais simples e competitiva para a Ford na Europa”, disse a empresa em um comunicado de imprensa.

A montadora veterana disse que as demissões foram primariamente causadas pela sua transição para carros elétricos e uma redução na “complexidade de veículos”. A Ford planeja iniciar produção de seus primeiros veículos elétricos de passageiros feitos na Europa no fim deste ano, uma medida importante para transformar toda sua frota europeia em elétrica até 2035.

Os cortes de trabalho também ocorrem em um momento de “ventos contrários geopolíticos sem precedentes” na região, disse um porta-voz da Ford à CNN.

O ano que passou foi difícil para fabricantes europeias. O custo de energia disparou após a invasão da Rússia à Ucrânia. Os preços de matérias-primas também subiram.

Os custos exorbitantes pesaram sobre as produtoras, fazendo com que algumas reduzissem produção, transferissem partes de suas operações para fora da Europa, e demitissem pessoal.

Fonte: CNN

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Morre Shoichiro Toyoda, presidente honorário da Toyota

Publicado em 14 de fevereiro de 2023, em Sociedade

Ele foi o presidente que transformou a Toyota em uma das principais montadoras do mundo.

Shoichiro Toyoda, presidente honorário da Toyota (release)

A Toyota Motor comunicou com pesar a morte do presidente honorário, Shoichiro Toyoda, aos 97 anos, às 16h48 de terça-feira (14), de insuficiência cardíaca.

Publicidade

Ele nasceu na cidade de Nagoia (Aichi) e completaria 98 anos em 27 deste mês. Seu filho mais velho, o então presidente da Toyota Motor, Akio Toyoda, será o responsável pelas cerimônias funerais, restritas aos familiares.

Shoichiro Toyoda é o filho mais velho de Kiichiro Toyoda, o fundador da Toyota, e ingressou na Toyota Motor em 1952 como diretor. 

Na sua gestão, em 1982, a Toyota Motor e a Toyota Motor Sales fundiram-se para formar a atual Toyota Motor Corporation. Isso lançou as bases para a Toyota se tornar uma das principais montadoras japonesas.

Construiu uma fábrica em Kentucky, nos Estados Unidos, expandiu para o Canadá e Inglaterra, ganhando competitividade no mundo.

Desde que se tornou presidente em 1992, ele esteve ativamente envolvido em atividades comerciais e atuou como presidente da Keidanren, a Federação das Indústrias do Japão, por quatro anos, a partir de maio de 1994.

Em 1999, ele se tornou o presidente honorário da Toyota pois se aposentou da linha de frente da administração, mas apoiou seu filho mais velho, Akio, que assumiu a presidência.

Em 2002 foi agraciado com a Ordem do Sol Nascente, uma condecoração importante do Japão. 

Também foi homenageado em 2007 ao receber o Grande Cordão da Ordem das Flores Paulownia, a mais elevada ordem presenteada pelo Governo do Japão. 

Fontes: divulgação, Nikkei e Yomiuri

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!