Pedestre na Tomei morre atropelado por caminhão

É inimaginável que alguém caminhe na via expressa, mas isso aconteceu e foi atropelado por um caminhão.

Local onde ocorreu o atropelamento, na via expressa Tomei (SATV)

Por volta das 5h30 de quinta-feira (30) a polícia recebeu um telefonema de um motorista de caminhão informando que “houve um acidente envolvendo veículo e pedestre. Já chamei a ambulância”. A ocorrência foi perto da IC de Fukuroi (Shizuoka), na via expressa Tomei.

Publicidade

Segundo a investigação feita pela polícia, um idoso que caminhava na via expressa, perto do pedágio, foi atropelado por um caminhão de grande porte, conduzido pelo motorista na faixa dos 30 anos.

A vítima de atropelamento foi levada ao hospital, inconsciente e seu estado era crítico. Mais tarde, soube-se que o idoso de 72 anos morreu.

A polícia está analisando as imagens das câmeras de segurança e dos gravadores de vídeo automotivo para determinar como o idoso entrou na via expressa e qual foi a circunstância do atropelamento. A investigação está sendo conduzida sob 2 aspectos: acidente ou suicídio.

Por causa desse atropelamento, o trecho entre as IC de Kakegawa e Fukuroi foi fechado temporariamente por aproximadamente 3 horas, desde 6h10.

Fontes: SBS e SATV

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Honda investirá ¥500 bilhões em negócios de motos elétricas

Publicado em 30 de novembro de 2023, em Notícias do Mundo

A Honda visa lançar instalações dedicadas a fabricação de motos elétricas, cada uma capaz de produzir 1 milhão de unidades por ano, possivelmente na Índia e no Sudeste Asiático.

Produção de motos elétricas será o grande investimento da Honda até 2030 (banco de imagens)

A Honda Motor anunciou um plano para investir ¥500 bilhões em negócios de motos elétricas até 2030.

Publicidade

A montadora japonesa visa lançar instalações dedicadas a fabricação de motos elétricas, cada uma capaz de produzir 1 milhão de unidades por ano, possivelmente na Índia e no Sudeste Asiático, de acordo com o plano, divulgado na quarta-feira (29).

A companhia adicionará 30 modelos de motos elétricas a sua linha de produtos até 2030, incluindo versões de pequeno e médio porte.

A meta global de vendas da Honda para motos elétricas em 2030 subiu de 3,5 milhões para 4 milhões de unidades.

Na apresentação online da Honda na quarta-feira, o diretor executivo Katsushi Inoue enfatizou que 2024 marcará o primeiro ano de vendas globais de suas motos elétricas.

Fonte: Nippon

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Estude NIHONGO com o Kumon!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!