Nove mil pessoas passam a noite no aeroporto

Com a neve o Aeroporto Internacional de Narita foi obrigado a fechar suas pistas. Incidentes com aviões e milhares de pessoas tiveram voos cancelados.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Passageiro deitado no chão, dentro de um saco de dormir distribuído no aeroporto (NHK/Sankei)

Por volta das 19h10 de segunda-feira (22), um avião Boeing 767, da JAL, ficou paralisado em uma das pistas do Aeroporto Internacional de Narita, depois da aterrisagem. As rodas dianteiras deixaram de se mover por conta do acúmulo de neve. Ele tinha 192 passageiros vindos de Manila, Filipinas. A aeronave foi rebocada por volta das 21h30 para o local de desembarque. Só então os passageiros puderam sair.

Publicidade

Além desse incidente, dois aviões vindos das Filipinas tiveram que fazer pouso de emergência por falta de combustível, apesar das pistas fechadas. Um deles ocorreu por volta das 20h20 e outro às 21h. Ambos tinham como destino esse aeroporto.

Por causa da neve intensa acumulada, a gestão do aeroporto decidiu fechar as pistas para o trabalho de remoção da neve. Uma delas foi reaberta por volta das 22h40.

Ainda assim, cerca de 9 mil pessoas tiveram que passar a noite de segunda-feira dentro das instalações do aeroporto. A administração distribuiu sacos de dormir, água e biscoitos para o público.

No amanhecer desta terça-feira (23), a NHK informou que os passageiros visivelmente cansados se dirigiram para as filas de embarque.

Não foi registrado nenhum caso de emergência ou lesão.

Fontes e fotos: Sankei e NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Número de incidentes envolvendo aeronaves dos EUA mais que dobra no Japão

Publicado em 23 de janeiro de 2018, em Sociedade

A segurança de aeronaves e outras operações militares dos EUA são fontes constantes de tensão principalmente em Okinawa.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Vários incidentes envolvendo aeronaves militares dos EUA no Japão (NHK/reprodução)

Acidentes ou incidentes envolvendo aeronaves militares dos EUA no Japão mais do que dobrou, aumentando de 11 casos em 2016 para 25 em 2017, disse o Ministro da Defesa Itsunori Onodera na segunda-feira (22).

Publicidade

Onodera disse que o Ministério da Defesa conduziu uma avaliação sobre o problema após o chefe do Comando do Pacífico dos EUA, o almirante Harry Harris, ter dito a ele no início deste mês no Havaí que o número de acidentes havia diminuído em 2017.

“Com base nas informações que temos em mãos, os acidentes estão aumentando”, disse Onodera aos repórteres. Outro oficial sênior disse que o ministério não tem conhecimento sobre quais dados Harris fez referência durante suas conversas com Onodera em 9 de janeiro.

A segurança de aeronaves e outras operações militares dos EUA são fontes constantes de tensão em Okinawa, que abriga a massa mais pesada da presença das forças americanas no Japão.

Conhecedores políticos dizem que com uma eleição local iminente, as observações de Onodera podem ser uma demonstração de apoio do governo japonês aos residentes de Okinawa, muitos dos quais estão há muito tempo indignados com os frequentes acidentes e incidentes envolvendo aeronaves militares americanas.

O resultado da eleição municipal de 4 de fevereiro em Nago, para onde a Base Aérea de Futenma da Marinha dos EUA será transferida de uma área residencial movimentada na área de Ginowan, poderia afetar o controverso plano de realocação de base que está em curso.

A realocação para a área costeira de Henoko, em Nago, que é menos povoada, visa colocar um fim aos problemas de segurança causados pelas operações na base de Futenma.

Contudo, o governador de Okinawa Takeshi Onaga e muitos outros residentes locais querem que a base seja desativada e não realocada dentro da província.

Fonte: Japan Today, Kyodo
Imagem: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância