Óculos inteligentes reconhecem fugitivo em meio a 50 mil pessoas

Em meio a uma imensa multidão, homem é capturado pelos policiais que utilizaram tecnologia de reconhecimento facial.

Publicidade

A polícia chinesa anunciou a prisão de um fugitivo na cidade de Nanchang. Contudo, a maneira pela qual a prisão ocorreu foi bastante inusitada.

Em meio a uma multidão de 50 mil pessoas, policiais usando óculos especiais com tecnologia de reconhecimento facial encontraram um fugitivo e o capturaram. Esses óculos receberam muitas críticas na época em que foram implementados, mas conseguiram executar sua missão com êxito.

A prisão ocorreu durante um concerto musical do cantor de música pop Jacky Cheung. Antes do início do show, a polícia identificou o suspeito e rapidamente o capturou. O suspeito identificado como Ao, 31, estava acompanhado de sua esposa e amigos. Segundo as autoridades locais, o suspeito ficou perplexo com a abordagem policial.

Na China, o governo utiliza as tecnologias de reconhecimento facial para auxiliar nas investigações policiais. Além disso, as autoridades operam uma rede de vigilância com mais de 170 milhões de câmeras que conseguem identificar as pessoas em tempo real.

Recentemente, o governo chinês mobilizou policiais para verificar passageiros de voos internacionais e domésticos em aeroportos para encontrar suspeitos de tráfico humano.

Contudo, por mais que seja para a segurança dos cidadãos, a privacidade pessoal é diretamente afetada pela tecnologia. No início deste ano, o governo da China foi acusado por manter sob vigilância minorias islâmicas no país.

Fonte: Gizmodo Japan e Gigazine

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Trono da cerimônia de ascensão para o novo imperador é mostrado para a mídia

Publicado em 18 de abril de 2018, em Sociedade

O grande Takamikura, que será usado na cerimônia do ano que vem para marcar a ascensão do príncipe herdeiro Naruhito, foi mostrado para a mídia.

O grande trono Takamikura (Kyodo)

O grande Takamikura, que será usado na cerimônia do ano que vem para marcar a ascensão do príncipe herdeiro Naruhito ao Trono do Crisântemo, foi apresentado para a mídia na terça-feira (17).

Publicidade

O trono de oito toneladas e 6.5 metros de altura, com cobertura ornamental, que também foi usado nos rituais de entronização de três imperadores, incluindo Akihito, poderá ser transportado de onde ele é mantido atualmente em Quioto para Tóquio neste verão.

O príncipe herdeiro vai ascender ao trono no dia após a abdicação do imperador Akihito em 30 de abril de 2019.

O trono Michodai, que será usado durante a cerimônia pela nova imperatriz, que atualmente é a princesa real Masako, foi construído como o trono Takamikura, mas em tamanho menor.

Os tronos mantidos no saguão Shishinden do Palácio Imperial de Quioto e revelados para a mídia pareciam desvanecidos.

De acordo com a Agência da Casa Imperial, devido aos acabamentos de verniz danificados e degradação do trabalho de ouro, os tronos passarão por reforma no Palácio Imperial de Tóquio antes da cerimônia ser realizada em 22 de outubro do próximo ano.

Os tronos serão desmontados e transportados em caminhões.

Fonte e imagem: Kyodo

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros