Quatro pontos a saber sobre novo coronavírus e não entrar em pânico

O número de pessoas infectadas com o novo coronavírus aumenta diariamente. Isso é fato. Mas não é motivo para pânico se reside no Japão. Veja os pontos importantes.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Equipe médica em Wuhan, na China (ANN)

O novo tipo de coronavírus vem infectando cada vez mais pessoas, especialmente na China, em Wuhan (Hubei), onde começou. 

Publicidade

O povo japonês também está preocupado. Isso é mostrado pelos números de telefonemas que as instituições médicas recebem das pessoas querendo elucidar sobre esse novo vírus. 

Conhecer as doenças infecciosas é muito importante para abrandar o medo. A NHK preparou um material sobre o assunto e divulgou na quinta-feira (30). 

Embora a Organização Mundial da Saúde tenha declarado como uma emergência global, na quinta-feira, com a grave situação na China, não precisa entrar em pânico. Claro que há outros países com pacientes, como Japão, Estados Unidos, Coreia do Sul e outros, mas em muito menor escala. 

Então, serão esclarecidos 4 pontos, através das perguntas recorrentes, respondendo se são mito ou fato. 

1  – “Tem aumento de pessoas infectadas e mortes?”

O número de pacientes e pessoas infectadas está aumentando rapidamente, especialmente na China. São quase 10 mil infectados no mundo, sendo que 9.700 são na China. O número de mortes é grave, mas não é tanto quanto em 2002-2003 quando da SARS-síndrome respiratória aguda grave.

Segundo a OMS e outras fontes, muitos dos pacientes que morreram tinham uma condição preexistente que reduzia sua imunidade, como pressão alta, diabetes e doenças cardíacas e vasculares

Portanto, isso é fato, mas não alarmante para o Japão. 

2 – “A infecção é apenas por contato muito próximo?”

A infectividade é medida pela quantidade de pacientes que podem espalhar a infecção. No caso desse novo coronavírus, a OMS-Organização Mundial da Saúde informou que varia de 1,4 a 2,5. 

Basicamente, diz-se que o contágio é através de gotículas da tosse e dos espirros. Isso se dá quando o contato é próximo, por isso, é fato. 

3 – “O contágio pode ocorrer durante o período de incubação?”

Há relatos da China de que a infecção pode ocorrer durante o período de incubação, quando os sintomas não estão presentes. Portanto, é fato, e existe a preocupação de que ela possa “espalhar” sem perceber.

4 – “Não tem medicamento ou vacina?”

Mais um fato. Esse coronavírus é um novo tipo de vírus que nunca havia sido encontrado antes, por isso ainda não tem vacina. Tampouco medicamento específico. 

Vendo por outros ângulos

Olhando para os 4 pontos acima muitas pessoas devem se sentir preocupadas. No entanto há outros aspectos importantes a serem considerados.

1 – As infecções fora da China ainda são baixas?

Atualmente, o número de pessoas infectadas fora da China é de cerca de 100 em todo o mundo, uma ordem de magnitude muito inferior ao da China. 

Só para ter uma ideia, a influenza que prevalece todos os anos, especialmente no inverno, infecta mais de 2 milhões de pessoas no Japão em uma semana, no período de pico.

2 – A gravidade é de 20%?

Sim, fato. Segundo a OMS, apenas 20% das pessoas têm o quadro agravado após a infecção. A grande maioria das pessoas apresenta sintomas leves, são tratadas e ficam bem. Mesmo contagiadas, nem todas apresentam quadro de pneumonia. E há que se levar em conta a condição preexistente como outras doenças citadas acima, como hipertensão, diabetes e outras.

3 – Recuperação pode ser com tratamento? E o desenvolvimento da vacina?

Embora não exista medicamento específico o tratamento tem sido eficiente, como uso de soro e máscara de oxigênio. Os medicamentos são importantes, mas as pessoas se recuperam das doenças infecciosas com o poder de seu sistema imunológico. Por isso, a importância de cuidar dele.

Vacinas estão sendo pesquisadas e desenvolvidas. É uma questão de tempo para isso.

4 – Pode ser evitado com cuidados pessoais?

Sim, a prevenção é a forma mais adequada. Por isso, se ainda não leu a matéria detalhada sobre o assunto, toque aqui para ver

Sem pânico

Na situação atual, é inevitável ver ou ouvir informações desconfortáveis. Embora exista o imprevisto, como a possibilidade de o novo coronavírus sofrer mutações e aumentar a infecciosidade e a patogenicidade, é importante acompanhar as informações com precaução, ficando longe das fake news ou notícias sem fundamento. Assim, ao invés do medo que causa pânico terá um mais saudável, como a prudência

Caso queira saber mais pode ligar para o call center que o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar instalou: 03-3595-2285. O horário de atendimento é das 9h às 21h, em japonês. 

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Festival de Sakura de Kawazu em Shizuoka

Publicado em 31 de janeiro de 2020, em Turismo em Shizuoka

O evento popular celebra a floração das kawazuzakura e atrai 2 milhões de visitantes anualmente como uma das oportunidades mais antecipadas para ver flores de cerejeira.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O festival é muito famoso e atrai milhares de visitantes todos os anos (PM)

O Festival de Flores de Cerejeira de Kawazu – Kawazuzakura Matsuri – é realizado anualmente do início de fevereiro ao início de março na cidade de Kawazu (Shizuoka).

Publicidade

O evento popular celebra a floração das kawazuzakura e atrai dois milhões de visitantes anualmente como uma das oportunidades mais antecipadas para ver flores de cerejeira. A kawazuzakura é uma variedade de cerejeira com floração antecipada.

Uma das chances mais antecipadas para ver a sakura (PM)

Normalmente as flores das árvores começam a desabrochar no início de fevereiro, mas fazem isso a um ritmo peculiarmente lento se comparado à maioria das outras variedades de cerejeiras.

Consequentemente, os visitantes têm um maior período de tempo (cerca de um mês) para desfrutar da beleza dessas flores. A melhor época para visualização dura cerca de duas semanas, por volta do fim de fevereiro e início de março, embora isso possa variar muito de ano a ano dependendo das temperaturas.

Como seu nome sugere, a espécie kawazuzakura foi descoberta em Kawazu nos anos 1950.

Elas foram então plantadas sistematicamente pela cidade por residentes de vários bairros, a maioria ao longo do Rio Kawazu.

A uma curta caminhada do rio, a kawazuzakura original que levou à fama dessa variedade de sakura fica em um distrito residencial. Os visitantes podem ver a árvore de 60 anos bem de perto.

Um túnel rosa! (PM)

O festival acontece ao longo das margens do Rio Kawazu, o qual está alinhado por fileiras de cerejeiras kawazu que parecem não ter fim se estendendo por cerca de quatro quilômetros.

Tipicamente, as árvores no centro da pequena cidade começam a desabrochar primeiro, antes da se espalhar gradualmente rio acima em direção às Sete Cachoeiras de Kawazu. À noite a iluminação dá um toque especial ao local.

A iluminação noturna encanta! (PM)

Durante o festival há inúmeras barracas que ficam na área de caminhada ao longo do rio, oferecendo uma seleção de comidas caseiras, produtos desidratados, frutas cultivadas localmente, lembrancinhas e pequenas cerejeiras da espécie kawazu que podem ser compradas e plantadas em casa.

Vários produtos à venda na área (PM)

Assista ao vídeo e encante-se com o local!

30º Kawazu Cherry Blossom Festival (河津桜祭り Kawazuzakura Matsuri)

  • Data: 10 de fevereiro a 10 de março de 2020
  • Há iluminação noturna das 18h às 21h, mas ainda não foi informado o período
  • Site para informações: kawazuzakura.net
  • Toque aqui para ver a localização
Com base no site Japan Guide

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância