Aichi publica nomes e informações de 490 infectados pelo coronavírus

Província de Aichi se desculpa por ter publicado erroneamente informações sigilosas, incluindo o nome, de pacientes infectados pelo novo coronavírus.

Funcionários da província de Aichi se desculpando pela publicação de informações sigilosas de pacientes contaminados pelo coronavírus

Nesta terça-feira (5), a província de Aichi publicou erroneamente no website da prefeitura informações sigilosas de 490 pacientes infectados pelo coronavírus. Os dados foram divulgados às 9h30 e ficaram no ar por aproximadamente 45 minutos. Dentre essas informações, estavam incluídos os nomes de 396 pacientes.

Publicidade

Também foram divulgados os nomes dos hospitais onde foram atendidos os 490 pacientes, a data de internação e o dia que receberam alta. Segundo a província, o erro aconteceu quando um funcionário estava preparando um conteúdo para postagem no site da prefeitura e acabou confundindo os arquivos, e não houve checagem por outras pessoas.

“Em meio à ocorrência de casos de discriminação sem fundamento contra pacientes e seus familiares, uma das províncias que deveria estar protegendo a reputação dos pacientes acabou publicando informações (sigilosas). Peço minhas sinceras desculpas”, disse Yoshida Hiroshi, diretor do departamento de saúde da cidade.

Fonte: Mainichi Shimbum

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Avião que levava suprimentos médicos cai na Somália e deixa mortos

Publicado em 5 de maio de 2020, em Notícias do Mundo

A agência estatal de notícias somali disse que a aeronave pertencia à African Express Airways e estava transportando suprimentos para uso na luta contra o coronavírus.

Um Embraer 120 da African Express Airways (ilustrativa/Wikimedia-Alan Wilson)

Um avião que transportava suprimentos médicos para uso na luta contra o coronavírus caiu na Somália na segunda-feira (4), matando todas as 6 pessoas a bordo, disse o ministro dos transportes somali.

Publicidade

Ele se recusou a especular a causa do acidente, mais um ex-ministro da defesa disse à agência Reuters que falou com uma testemunha no campo de aviação a qual disse que o avião pareceu ter sido abatido.

O grupo insurgente al Shabaab ligado à Al-Qaeda da Somália tem presença na área onde o avião caiu, embora a vila de Bardale, na região Bay no sul, e seu campo de aviação sejam protegidos por forças somalis e tropas etíopes.

Seis pessoas – o piloto, copiloto, engenheiro de voo e um piloto estagiário, assim como 2 pessoas que trabalham para a companhia aérea – estavam a bordo, disse o ministro dos transportes Mohamed Salad à Reuters. Cinco corpos foram recuperados até o momento, disse ele.

Salad disse que ele estava enviando uma unidade para investigar, que chegaria nesta terça-feira (5), e aprovou assistência internacional.

A agência estatal de notícias somali disse que a aeronave pertencia à African Express Airways e estava transportando suprimentos para uso na luta contra o coronavírus.

“Um avião da African (Express) Airways que partiu de Mogadíscio voou com destino a Baidoa e então continuou sua viagem para Bardale onde caiu”, disse a agência em seu site. “Não está claro por que ele caiu”.

Abdirashid Abdullahi Mohamed, ex-ministro da defesa da Somália, disse à Reuters que ele havia falado com uma testemunha no campo de aviação a qual disse que o avião havia feito um tentativa inicial de pouso, circulado ao redor novamente por causa dos animais selvagens no campo de aviação e então pareceu ser atingido em uma das asas em sua segunda aproximação.

Ele forneceu imagens as quais mostraram o avião em chamas, partes espalhadas em uma pequena área e sua cauda intacta, e uma lista com seis nomes. A Reuters não conseguiu verificar imediatamente as imagens ou confirmar os nomes.

Fonte: Agência Reuters

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!