Suzuki estende paralisação em todas as suas fábricas na Índia

A montadora disse que fornecedoras de peças ainda estão enfrentando problemas em conseguir oxigênio industrial necessário para coisas como soldagem.

Período de paralisação segue até 16 de maio (banco de imagens)

A montadora japonesa Suzuki Motor está mantendo as operações em suas fábricas na Índia suspensas por mais uma semana, visto que os fornecimentos de oxigênio industrial estão sendo redirecionados devido à pandemia de coronavírus.

Publicidade

Inicialmente, a companhia havia fechado suas três fábricas no país de 1º a 9 de maio. Agora, de acordo com reportagem da NHK, o período será estendido até o dia 16.

A Suzuki disse que fornecedoras locais de peças ainda estão enfrentando problemas em conseguir oxigênio industrial necessário para coisas como soldagem.

A Índia passa por uma escassez severa no fornecimento de oxigênio, enquanto ela luta para tratar pacientes infectados pela Covid-19.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Ishikawa e Miyazaki: estado de emergência próprio

Publicado em 10 de maio de 2021, em Sociedade

Duas das 13 províncias com os piores resultados desta epidemia, decidiram declarar o próprio estado de emergência. Veja as demais em situação difícil.

Máscaras e desinfetante em spray (imagem de wichai bopatay por Pixabay)

Na quarta onda da epidemia do novo coronavírus, províncias que não costumavam ter elevados números de pessoas infectadas estão passando por situação difícil. 

Publicidade

É o caso de Hiroshima, onde em 8 de janeiro teve o maior número de 119 pessoas testadas positivo, mas em fevereiro e março conseguiu controlar o quadro, tendo números de apenas 1 dígito por dia. 

No entanto, no sábado (8) e domingo (9), teve os piores índices até o momento, com 181 e 195, respectivamente. A soma cumulativa aumentou para 6.950 pessoas infectadas.

Além de Hiroshima, mais 13 províncias tiveram o pior resultado desta epidemia, no sábado. A vizinha, Okayama teve 189, 519 em Fukuoka, 76 em Saga, 65 em Nagasaki, 111 em Kumamoto, 93 em Oita, 78 em Kagawa, 403 em Hokkaido, 50 em Niigata, 80 em Ishikawa, 113 em Gunma, 575 em Aichi e 74 em Shiga.

Próprio estado de emergência

Desde o começo de abril a província de Miyazaki voltou a ter registros diários de 2 dígitos. Na sexta-feira e sábado teve 57 e 62 novos casos, respectivamente. No domingo, o governador declarou estado de emergência próprio, até 31 deste mês. Esta foi a segunda da epidemia, sendo que a primeira foi de 7 de janeiro a 7 de fevereiro. 

Outra província que o governador declarou o próprio estado de emergência foi Ishikawa, de domingo até 31. 

Com isso, o pedido à população é de abstenção de sair sem necessidade, além de solicitação aos cinemas e lojas de departamento para encerrar o expediente mais cedo.

Em ambas as províncias os estabelecimentos como bares e restaurantes estão com pedido para antecipar o encerramento do expediente às 20h.

Fontes: Miyazaki News, Minami Nippon Shimbun, TV Kanazawa, ANN, Asahi e News Digest

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!