Quinta-feira: 1,5 mil testados positivo e soma de 1,7 milhão nesta epidemia

O mês de setembro se encerra com 1,7 milhão de pessoas infectadas nesta epidemia, marcando também o fim da quinta onda para a grande maioria das províncias.

SARS-CoV-2 (CDC)

Até as 19h de quinta-feira (30) o país teve em 44 províncias e aeroportos 1,5 mil pessoas com resultado positivo para o coronavírus. Kagawa, Tottori e Iwate tiveram zero. 

Publicidade

Na região Kanto foram 8 em Gunma, 20 em Tochigi, 21 em Ibaraki, 83 em Chiba, 94 em Saitama, 129 em Kanagawa e 218 em Tóquio. 

Osaka, novamente, teve um número superior à capital do país, de 264. Foram 109 em Hyogo, 44 em Quioto, 12 em Shiga, 13 em Ishikawa, 38 em Hiroshima, 35 em Fukuoka e 64 em Okinawa.

Em Tokai foram 11 em Mie, 17 em Shizuoka, 42 em Gifu e 132 em Aichi, sendo 65 em Nagoia, 1 em Toyota, 4 em Ichinomiya, 5 em Okazaki e 2 em Toyohashi, entre outras cidades. Em Aichi a queda foi de 226 casos em relação à quinta-feira anterior.

Gráfico dos novos casos diários (News Digest)

Foram 42 mortes pela Covid-19 no dia, sendo 12 em Tóquio, 5 em Quioto, em Chiba e em Okinawa, 3 em Osaka e em Kanagawa, e 2 em Aichi, além de outras províncias. 

O número de pacientes gravemente enfermos caiu para 3 dígitos, passando a 932, dentre os 31.430 em tratamento.

Até quinta-feira são 1.651.415 pessoas recuperadas.

Na terça-feira (28) foram realizados 45.773 testes PCR.

Fontes: News Digest, NHK e Nagoya TV

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Tempestade e chuva em Kanto por causa do grande 16.º tufão

Publicado em 30 de setembro de 2021, em Sociedade

O Mindulle mudou levemente o curso, mais para o oeste, por isso, a região Kanto requer cuidado.

Imagem da previsão do curso do tufão Mindulle (AMJ)

Na tarde de quinta-feira (30) o tufão Mindulle, o 16.º do ano, continua grande e classificado como muito forte, com pressão atmosférica central de 945hPa e velocidade máxima do vento de 60m/s, segundo a AMJ-Agência de Meteorologia do Japão.

Publicidade

Está ao sul do país, sobre o Oceano Pacífico, se deslocando em sentido às Ilhas Izu, mudando levemente o curso a oeste.

Por isso, os residentes das Ilhas Izu e Hachiojima devem se preparar com antecedência, ainda na quinta-feira, pois estarão diretamente sob esse fenômeno, o qual poderá causar sérios danos.

Parte das províncias de Kanto deverá ficar sob sua influência – parte da área de tempestade – desde a noite de quinta até sexta-feira (1.º), com rajadas de vento que podem chegar a 25m/s ou 90km/h. Além disso, a quantidade de chuva esperada até o meio-dia é de 150mm.

O impacto deverá ser maior na província de Kanagawa. Isso se deve à possibilidade de galgamento costeiro devido a ventos fortes e ondas elevadas. Espera-se uma elevação de ondas de cerca de 8 metros em Kanto.

As vias públicas e rodovias de Tóquio, Chiba e Ibaraki podem ser perturbadas pelos ventos fortes. Recomenda-se verificar as últimas informações sobre o tempo e o trânsito na manhã de sexta-feira, antes de sair de casa.

Aos residentes em Kanagawa e Chiba, recomenda-se cautela, enquanto em Tóquio e Ibaraki pode ter influências do mau tempo.

Fontes: AMJ, Tenki e WeatherNews

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância