Confirmada a data do casamento da Princesa Mako e Kei Komuro

Foi confirmada na sexta-feira a data do casamento da Princesa Mako com seu noivo que voltou dos EUA.

Foto do casal no dia do anúncio do noivado, em 2017 (NHK)

Na tarde de sexta-feira (1.º) a Agência da Casa Imperial informou que a Princesa Mako, filha mais velha da família Akishinomiya, e o seu noivo, Kei Komuro, ambos com 29 anos, vão se casar em 26 deste mês, depois de 4 anos de noivado e pouco mais de 3 anos de relacionamento à distância.

Publicidade

Depois que oficializarem o matrimônio na subprefeitura pretendem realizar uma coletiva de imprensa. Depois de casados, os dois seguem para os Estados Unidos.

Komuro foi para os Estados Unidos para cursar Direito e se formou pela Fordham University, em Nova Iorque. Fez o exame para o parecido com a Ordem dos Advogados e o resultado sairá em dezembro deste ano. Já conseguiu emprego em um importante escritório.

O noivo da princesa chegou no Japão em 27 de setembro e está cumprindo quarentena no apartamento da mãe, em Yokohama (Kanagawa), por isso, os dois ainda não se encontraram. O reencontro será depois do dia 11 deste mês.

Calúnias afetam os noivos e seus familiares

De acordo com a Agência da Casa Imperial, a Princesa Mako renunciará ao recebimento da quantia costumeiramente paga quando uma mulher da família real se casa, na ordem de pouco mais de 150 milhões de ienes.

O amor do casal vem superando a distância física e todas as polêmicas envolvendo a mãe do noivo e ele próprio.

Segundo a Agência da Casa Imperial “o casamento foi originalmente planejado para o ano passado, e por causa da situação da epidemia do coronavírus foi adiado. Mas a princesa Mako e sua família, o noivo e sua família vêm sofrendo com as calúnias. As calúnias continuam, e Mako está com trauma, sente dor o suficiente para se tornar um TSPT-transtorno de estresse pós-traumático complexo”.

Ainda, segundo o comunicado, “Mako disse que não suportava mais essa situação. O casal Akishinomiya consultou o Imperador e a Imperatiz, definindo o casamento”.

Se ainda não leu sobre a polêmica, toque aqui.

Fontes: NHK, ANN e Mainichi

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Austrália reabrirá fronteira internacional

Publicado em 1 de outubro de 2021, em Notícias do Mundo

A fronteira internacional será reaberta a partir de novembro para viajantes vacinados.

Aeroporto de Brisbane, Austrália, março de 2021 (banco de imagens)

A Austrália reabrirá sua fronteira internacional a partir de novembro, permitindo que viajantes vacinados entrem no país pela primeira vez em 18 meses.

Publicidade

Atualmente, somente cidadãos e pessoas com isenções podem entrar. Viagem para fora do país também está proibida sem uma exceção.

A política vem sendo elogiada por ajudar a suprimir a Covid-19, mas também, de forma controversa, separou famílias.

O primeiro-ministro Scott Morrison disse que estados com taxas de vacinação acima de 80% teriam as liberdades de viagem.

“É hora de devolver as vidas dos australianos”, disse ele aos repórteres na sexta-feira (1º).

A quarentena em hotel obrigatória de 14 dias da Austrália – que custa a cada viajante de US$1.600 a US$2.000 será eliminada. Ela será substituída por uma quarentena domiciliar de 7 dias para viajantes vacinados.

Entretanto, as principais companhias aéreas já alertaram que não estão preparadas para um aumento rápido dos serviços.

Esse é um anúncio altamente antecipado para milhares de australianos no país e no exterior. Sem dúvida é um momento emocionante para muitos, após quase 2 anos de isolamento.

Fonte: BBC

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros