Menos de mil novos casos na terça-feira

Shimane é a única província que não teve nenhum caso de infecção no dia.

SARS-CoV-2 (CDC)

Até as 18h de terça-feira (5) foram 982 testados positivo para o novo coronavírus, em 46 províncias. 

Publicidade

Na região Kanto foram 7 Tochigi, 9 em Gunma, 12 em Ibaraki, 52 em Chiba, 67 em Saitama, 77 em Kanagawa e 144 em Tóquio.

Por vários dias consecutivos Osaka teve mais casos do que na capital japonesa. Na terça-feira foram 176 pessoas com resultado positivo. Foram 71 em Hyogo, 19 em Quioto, 14 em Shiga e em Nagano, 12 em Nara e em Hiroshima, 22 em Fukuoka e 38 em Okinawa.

Na região Tokai foram 5 em Shizuoka, 8 em Mie, 14 em Gifu e 62 em Aichi, sendo 18 em Nagoia, 3 em Toyota, em Ichinomiya e em Toyohashi, além de 2 em Okazaki, entre outras cidades. 

São 19.767 pacientes em tratamento e o dia teve 35 mortes por Covid-19. 

O total de pessoas recuperadas é de 1.668.160.

Em relação à vacinação, 70,3% da população alvo recebeu 168.762.404 doses até segunda-feira (4).

Números de testados positivo por província, na terça-feira (NHK)

Fontes: News Digest, NHK e Nagoya TV

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Novo premiê explica sobre prioridade máxima às pessoas afetadas pela crise do coronavírus

Publicado em 5 de outubro de 2021, em Política

Respondeu aos jornalistas sobre o que pretende fazer a respeito das pessoas que estão passando dificuldades e se haverá novo benefício para elas.

Novo premiê e ministros desde 4 de outubro (NHK)

Depois de assumir como o 100.º Primeiro-Ministro do Japão, Fumio Kishida, realizou uma coletiva de imprensa na segunda-feira (4) e respondeu às perguntas dos jornalistas, especialmente sobre a crise desencadeada pela epidemia do novo coronavírus.

Publicidade

Em relação a esse tema disse: “Agora estamos no meio de uma batalha contra o coronavírus. Penso que precisamos tomar medidas econômicas sólidas para obter a cooperação da população. Além disso, coexistiremos com o coronavírus, recuperaremos as nossas vidas cotidianas através da normalização, na medida do possível, do aspecto socioeconômico, e então implantaremos firmemente o novo capitalismo. Reconhecemos que é nesta ordem”.

Kishida disse que dará prioridade máxima ao apoio às pessoas que foram muito afetadas pela epidemia. 

Em relação aos benefícios em dinheiro para as pessoas, o novo primeiro-ministro disse que “gostaria considerar o fornecimento do benefício em dinheiro para as pessoas vulneráveis ​​que estão sofrendo por causa da Covid-19, mulheres e os empregados não regulares, e também os estudantes”.   

“Gostaria de confirmá-la após uma análise cuidadosa”, pronunciou em relação à quantia desse benefício.

Além disso, disse que pretende transformar em realidade um novo capitalismo sob o conceito de “um ciclo virtuoso de crescimento e distribuição” e “desenvolvimento de uma nova sociedade após o corona”.

Fontes: NHK e BuzzFeed

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros