OMS está investigando mortes misteriosas em país na África

Cerca de 100 pessoas morreram por doença misteriosa no Sudão do Sul, na África. OMS envia equipe para investigar os óbitos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Vilarejo tradicional ao longo do Nilo Branco, no Sudão do Sul (ilustrativa/banco de imagens)

A Organização Mundial da Saúde – OMS diz que está investigando as mortes de cerca de 100 pessoas em decorrência de uma doença que ainda não foi identificada em Fangak, estado de Jonglei, no Sudão do Sul.

Publicidade

Na semana passada, o ministério da saúde reportou que uma doença desconhecida havia matado dezenas de pessoas na área que é uma das mais afetadas por recente inundação.

Um oficial da saúde local disse que amostras iniciais coletadas na área retornaram com resultado negativo para cólera.

“Decidimos enviar uma equipe de resposta rápida para ir e fazer avaliação de risco e investigação, e é quando eles conseguirão coletar amostras de pessoas doentes – mas provisoriamente o número que conseguimos foi que havia 89 mortes”, disse à rede BBC Sheila Baya da OMS.

Ela disse que a área de Fangak não estava alcançável por terra devido à inundação e a equipe estava aguardando por um helicóptero para levá-los de volta à capital, Juba, nesta quarta-feira (15).

Fonte: BBC

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Benefício de ¥100 mil em Tokai: prefeituras que vão pagar integral

Publicado em 15 de dezembro de 2021, em Sociedade

Essas prefeituras decidiram não usar cupons e farão o pagamento do valor integral ainda este mês.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

As províncias em laranja foram a região Tokai (Wikimedia)

O prometido benefício de 100 mil ienes para o público de 0 a 18 anos poderá ser pago integral, em dinheiro, sinalizou o primeiro-ministro Fumio Kishida, a critério das prefeituras, mesmo diante da proposta inicial de parcelar em 2 vezes, sendo a primeira em dezembro e a segunda até a primavera do próximo ano, em cupons ou em espécie.

Publicidade

Como as prefeituras estão ouvindo do povo “o mais depressa possível”, algumas decidiram efetuar o pagamento do valor integral ainda este ano. 

A cidade de Nagoia tem como alvo cerca de 300 mil famílias, por isso, deverá seguir o plano inicial, de pagar os 50% em cupons no próximo ano. 

Veja quais são as prefeituras, por província, que pretendem entregar esse benefício em dinheiro, no valor total, até o final de dezembro.

Shizuoka

Até terça-feira (14), das 35 prefeituras, as que decidiram foram: Hamamatsu, Ito, Nishi Izu e Kawanehon-cho. 

A prefeitura de Hamamatsu informou que não há necessidade de preencher nenhum formulário e que o depósito será feito em 28 de dezembro.

Gifu

Das 42 prefeituras, 12 decidiram efetuar o pagamento do valor total em dezembro

São: Nakatsugawa, Kaizu, Kakamigahara, Mino, Kani, Yamagata, Mizunami, Motosu, Gujo, Kitagata, Shirakawa e Mitake.

As prefeituras de Toki e Hashima consideram efetuar em dinheiro, mas em duas vezes.

As que não foram citadas, como as de Gifu, Ogaki, Minokamo e outras, são as que ainda estão analisando se entregam cupons na segunda parcela ou não.

Mie

Das 29 prefeituras, 10 decidiram efetuar o pagamento total em dezembro: Tsu, Nabari, Kawagoe, Minami Ise, Watari, Odai, Kisosaki, Toin, Tamaki e Taiki.

Aichi

A província tem 54 prefeituras, das quais 22 já decidiram pagar o valor integral em dinheiro.

São: Inuyama, Toyohashi, Toyota, Okazaki, Nishio, Kariya, Gamagori, Ama, Obu, Higashiura, Nagakute, Takahama, Kota, Kanie, Fuso, Oharu, Agui, Mihama, Oguchi, Minamichita, Toyoyama e Shitara.

As respectivas datas não foram divulgadas, mas o depósito será efetuado até o final do mês na conta corrente indicada.

Fontes: Gifu Shimbun, Sankei e CBC TV

 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância