Redução de pessoal na Bridgestone: transferência de 8 mil trabalhadores

O conglomerado Bridgestone abrirá mão de alguns negócios, por isso, parte dos seus trabalhadores serão transferidos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa de um pneu com logotipo da marca (Wikimedia)

Segundo as matérias do jornal Asahi, publicadas no domingo (19), a Bridgestone, a maior fabricante de pneus do Japão e uma das maiores do mundo, ao lado da francesa Michelin, está realizando uma reestruturação em larga escala.

Publicidade

Até o próximo verão o conglomerado deverá vender a atividade de borracha antivibratória para uma empresa chinesa, e os negócios de soluções de produtos químicos e autopeças deverão ser vendidos para fundos de investimentos de Tóquio.

Está solicitando a transferência de 8 mil trabalhadores, sendo que desses, pouco menos de 3 mil se mudarão para 11 localidades do Japão. É uma escala excepcional, que chega a menos de 10% dos funcionários no Japão e a mais de 20% das bases produtivas.

Os funcionários que são obrigados a fazer transferências para empresas ou fundos de investimento estrangeiros estão preocupados com a possibilidade de perderem seus empregos no futuro.

Crise do coronavírus

O conglomerado Bridgestone também lida com diversos produtos, como equipamentos esportivos e bicicletas, e é bastante conhecido. O desempenho dos negócios diminuiu devido à epidemia do novo coronavírus, mas está se recuperando no momento.

Nos resultados financeiros do terceiro trimestre (janeiro a setembro) para o ano fiscal encerrado em dezembro de 2021, que foi anunciado em novembro, as vendas aumentaram 20% em relação ao mesmo período do ano anterior, e obteve lucro líquido em azul.

Mesmo assim, a razão para promover a racionalização é que há uma sensação de crise à qual não seria capaz de sobreviver a menos que aumente o poder aquisitivo à medida que o ambiente de negócios muda, como a tendência de descarbonização cada vez mais forte.  

Fonte: Asahi Shimbun

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Temperaturas abaixo de zero e neve em ampla área no fim de semana

Publicado em 20 de dezembro de 2021, em Tempo

O final de semana foi gelado, o frio mais intenso desta temporada, com neve em ampla área.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Kinkakuji coberto de neve no sábado (Kyoto Shimbun)

A faixa entre Hokkaido e Shimane, além de províncias da área central como Aichi, Gifu, Mie e Shiga, tiveram temperaturas baixas e neve no final de semana.

Publicidade

No sábado (18) nas cidades de Nasushiobara e Nikko (Tochigi), o acúmulo de neve chegou a 12 e 18cm, respectivamente, mas não há relato de incidentes.

A província de Nagano também amanheceu com a paisagem branca. Na cidade de Nagano foi registrado acúmulo de 19cm na manhã de sábado. Em Hakuba, famosa pelos clubes de esqui, chegou a 26cm, mas em Shinano chegou a 52cm.

Nas províncias de Hokuriku, além da neve no final de semana, a tempestade gerou ventos muito fortes. Nas cidades da província de Fukui, como Echizen, o acúmulo até 5h de domingo (19) foi de 18cm, 11 na capital e 5 em Tsuruga.

Carro kei encalhado em Nagano (NBS)

Na região Kinki, embora tenha nevado muito pouco no sábado, na cidade de Quioto, o icônico Templo Dourado (Kinkakuji) amanheceu maquiado de branco. Mas, nas cidades mais próximas ao Mar do Japão o acúmulo foi bem maior, chegando a 22cm.

Temperatura negativa em Tokai e Shimane

No sábado as temperaturas das 3 províncias de Tokai não chegaram a ficar negativas, mas nevou intensamente no interior de Gifu e Mie. Em Inabe (Mie) chegou a 18cm e a via expressa Shin-Meishin ficou interrompida por causa de uma carreta que ficou paralisada, perto da IC de Kameyama. 

Nikko no sábado (Tochigi TV)

No domingo a cidade de Nagoia (Aichi) teve registro de -0,4ºC, em Okazaki foi de -3ºC e em Yokkaichi (Mie) foi de -1,7ºC. Essas baixas temperaturas congelaram a superfície da água em Nagoia e em Tsu (Mie).

Em Shimane não foi diferente. Em Iinan a mínima no sábado foi de -3,5ºC. Na cidade de Okuizumo o acúmulo de neve chegou a 16cm e em Matsue a cidade ficou coberta por uma camada dos flocos brancos. O pico da neve passou no domingo, mas os motoristas tiveram que tomar cuidado com as pistas escorregadias.

Trégua no frio congelante e neve na segunda-feira, porém, boa parte do país poderá ter White Christmas, pois a previsão indica que vem nova frente fria no dia 24.

Cidade de Fukui na manhã de domingo (Fukui Shimbun)

Fontes: Tochigi TV, TSB, NBS, Fukui Shimbun, Kyoto Shimbun, Tokai TV, Nagoya TV, NHK, FNN e San’in Chuo Shinpo

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância