OMS: variante ômicron causa sintomas mais leves

Segundo a OMS, a variante afeta o trato respiratório superior, mas vacinas protegeram as pessoas contra hospitalização, doença grave e morte.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A ômicron é mais transmissível do que outras variantes da covid-19, mas está causando sintomas mais leves da doença (ilustrativa/banco de imagens)

Cientistas junto à Organização Mundial da Saúde – OMS foram alarmados pela propagação da variante ômicron do coronavírus. Contudo, o órgão confirmou na terça-feira (4) que a cepa está causando sintomas mais leves.

Publicidade

Responsáveis na OMS disseram que a variante afeta o trato respiratório superior, mas que vacinas protegeram as pessoas contra hospitalização, doença grave e morte.

Especialistas da saúde pública reportam que a ômicron é mais transmissível do que outras variantes. Em muitos lugares, ela se tornou a cepa dominante dentro de semanas.

A propagação representa uma ameaça a sistemas médicos em áreas onde uma alta proporção da população continua não vacinada.

Contudo, especialistas dizem que mesmo aqueles que estão imunizados ou foram infectados antes podem adoecer.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Mortes em acidentes de trânsito em 2021: 3 províncias de Kanto entre as piores

Publicado em 5 de janeiro de 2022, em Acidentes

Foi o menor número desde 1948, mas em relação às vítimas idosas houve aumento.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa de sirenes das viaturas policiais (NHK)

Segundo a NPA-Agência Nacional de Polícia do Japão, de terça-feira (4), o total de mortes em acidentes de trânsito no ano de 2021 foi de 2.636 vítimas.

Publicidade

Desde que se iniciou a estatística, em 1948, foi o menor número, com queda de 203 em relação ao ano anterior. No entanto, 58% são idosos, com idade acima dos 65 anos, o maior percentual até agora.

As províncias com maior número de vítimas fatais foram:

  1. Kanagawa com 142
  2. Osaka com 140
  3. Tóquio com 133
  4. Chiba com 121

A NPA analisou que o número de acidentes mortais diminuiu devido ao avanço dos carros equipados com frenagem automática e outros recursos, mas é necessário continuar com a prevenção de acidentes em relação aos motoristas idosos.  

Fontes: NHK e NNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância