Quarta-feira: históricos 41 mil no Japão e 26 províncias têm o maior número da epidemia

O total de novos casos foi superior a 30 mil pelo segundo dia consecutivo. Na quarta-feira foram 28% a mais do que no dia anterior.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

SARS-CoV-2 (CDC)

O Japão teve 41.146 testados positivo para o novo coronavírus, incluindo os 108 nos aeroportos. Esse total é 58% a mais do que o pico da quinta onda, em 20 de agosto de 2021.

Publicidade

Em 26 províncias os totais foram os maiores desta epidemia. Foram 7.377 em Tóquio, 6.101 em Osaka, 2.881 em Aichi, 2.514 em Hyogo, 2.208 em Fukuoka e 1.202 em Quioto

Foram 1.170 em Hokkaido, 877 em Shizuoka, 711 em Kumamoto, 483 em Okayama e 461 em Gifu. Foram 444 em Gunma, 440 em Niigata, 409 em Nagasaki e 382 em Nagano

Foram 320 em Yamaguchi, 316 em Tochigi, 284 em Aomori, 270 em Wakayama e em Oita e 256 em Kagoshima.  

Foram 245 em Ehime, 235 em Miyazaki, 176 em Ishikawa, 174 em Shimane e 92 em Tottori.  

Outros dados

Houve um aumento de 40 mil pacientes, elevando para 211.945 em tratamento.

Foram 11 óbitos, aumentando o cumulativo para 18.457 mortes pela covid. 

Na quarta-feira, somam 1.748.157 pessoas recuperadas. 

Crescimento muito rápido 

A curva de crescimento da sexta onda é bem diferente da quinta. Em apenas uma semana foi de 3 vezes, enquanto nas ondas anteriores havia um tempo de mais de 1 mês.

Embora a variante ômicron se expanda rapidamente, sabe-se que a queda também é rápida. No entanto, se o pico da infecção chegar a ficar extremamente alto, a infecção será disseminada para muitos idosos. Por isso, mesmo que o número diminua, o número de pacientes em estado grave pode continuar a aumentar. Além disso, é necessário evitar as licenças das equipes médicas, caso contrário ocorrerá dificuldade nas funções da sociedade”, enfatizou Shigeru Omi, médico e presidente do comitê de prevenção do governo.  

“Acho que a palavra-chave é limitar o número de pessoas e não o fluxo delas”, apontou Omi, em relação à ômicron. Recomendou que ao sair para jantar ou se reunir com os amigos, que seja em grupo pequeno, de até 5 pessoas, em local bem ventilado, falar baixo e procurar usar máscara na medida do possível.

Veja a tabela com os dados por província, de quarta-feira.

REGIÃO PROVÍNCIA N.º DIA
Hokkaido 1.170
Tohoku Aomori 284
Iwate 24
Miyagi 162
Akita 44
Yamagata 66
Fukushima 87
Kanto Ibaraki 53
Tochigi 316
Gunma 444
Saitama 2.215
Chiba 1.605
Tóquio 7.377
Kanagawa 2.288
Hokuriku Niigata 440
Toyama 41
Ishikawa 176
Fukui 79
Koshin Yamanashi 135
Nagano 382
Tokai Gifu 461
Shizuoka 877
Aichi 2.881
Mie 286
Kinki Shiga 381
Quioto 1.202
Osaka 6.101
Hyogo 2.514
Nara 344
Wakayama 270
Chugoku Tottori 92
Shimane 174
Okayama 483
Hiroshima 1.042
Yamaguchi 320
Shikoku Tokushima 45
Kagawa 117
Ehime 245
Kochi 84
Kyushu Fukuoka 2.208
Saga 209
Nagasaki 409
Kumamoto 711
Oita 270
Miyazaki 235
Kagoshima 256
Okinawa 1.433
Aeroportos 108
TOTAL 41.146
Fontes: NHK e News Digest

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Números históricos em Aichi, Gifu e Shizuoka, na quarta-feira

Publicado em 19 de janeiro de 2022, em Sociedade

A única das quatro províncias de Tokai que ainda está distante do pico da quinta onda é Mie. As demais 3 tiveram o pior resultado desta epidemia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Coronavírus (Max Pixek) e mapa de Tokai (Wikimedia)

A província de Mie teve 286 novos casos de infecção pelo coronavírus na quarta-feira (19). Embora pareça elevado, o pico da quinta onda foi de 515 em 26 de agosto de 2021.

Publicidade

Gifu teve 461 confirmações, 20% a mais que os 384, em 26 de agosto, pico da quinta onda.

Pela primeira vez a província de Shizuoka teve 877 testados positivo, sendo 252 em Hamamatsu e 148 na capital homônima. O aumento em relação ao dia anterior foi de 42%.

Aichi confirmou 2.346 testados positivo, sendo 1.425 em Nagoia, 133 em Toyota, 74 em Ichinomiya, 126 em Okazaki, 124 em Toyohashi, entre outras. 

Foi 3 vezes mais do que o mesmo dia da semana anterior e quase o mesmo número do pico da quinta onda, em 27 de agosto, de 2.339.

Fontes: Nagoya TV, Shizuoka Shimbun e News Digest

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância