Japão estudará medidas para aceitar refugiados da Ucrânia

O governo japonês estudará rapidamente um sistema para receber evacuados da Ucrânia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

O governo japonês estudará um sistema para aceitar pessoas que estão fugindo da Ucrânia devido à invasão russa.

Publicidade

O Ministro da Justiça, Yoshihisa Furukawa, disse em uma reunião do comitê da câmara baixa na terça-feira (1º) que o governo estudará rapidamente um sistema para receber evacuados da Ucrânia.

Separadamente, o Ministro de Relações Exteriores disse que discutirá medidas com outros ministros e agências para ajudar os evacuados.

Autoridades vão considerar a permissão de entrada para evacuados além dos limites do número de estrangeiros atualmente em curso devido ao coronavírus.

Eles também estudarão medidas para evacuados que não foram testados para coronavírus no momento de suas partidas, assim como ações especiais para permitir a entrada sem visto.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Suíça abandona neutralidade e adota sanções da UE contra a Rússia 

Publicado em 2 de março de 2022, em Notícias do Mundo

A Suíça vinha enfrentando forte pressão para se juntar a outras potências ocidentais e impor sanções contra a Rússia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Bandeira Suíça em Genebra (Flickr/Godeon)

A Suíça, grande centro para conservar riqueza que é popular entre oligarcas russos, está quebrando sua tradição de neutralidade para sancionar a Rússia.

Publicidade

O governo suíço adotará sanções da União Europeia – UE, impostas após a invasão da Ucrânia e vai congelar imediatamente quaisquer ativos que pertencem ao presidente russo Vladimir Putin, o primeiro-ministro Mikhail Mishustin e o ministro de relações exteriores Sergey Lavrov, disse em uma declaração na segunda-feira (28).

O país fechará seu espaço aéreo para voos da Rússia e vai impor proibições de entrada contra vários indivíduos que têm conexão com a Suíça e estão próximos ao presidente russo, disse o governo.

A Suíça vinha enfrentando forte pressão para se juntar a outras potências ocidentais e impor sanções contra a Rússia.

O porta-voz da Comissão Europeia, Peter Stano, disse na semana passada que o bloco esperava que a Suíça “seguisse a tendência de apoiar a defesa de princípios sobre os quais nossas comunidades e países são baseados”.

Há muito tempo, a Suíça procura manter neutralidade, e o país alpino sediou várias negociações de paz entre adversários geopolíticos.

Ela também tem uma indústria bancária que atende muitas das pessoas mais ricas do mundo.

Fonte: CNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância