Maior tipo de bivalve do mundo é encontrado pela primeira vez no Japão

A maior espécie de molusco bivalve do mundo foi encontrada pela primeira vez no Japão, pois é típica de outros países.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Parece um chifre gigante mas é um bivalve (NHK)

O molusco bivalve Kuphus polythalamius, chamado de entotsugai (エントツガイ) em japonês por ser parecido a uma chaminé, é considerado o maior dessa variedade no mundo e cujo habitat é nos manguezais das Filipinas, Indonésia e Moçambique. Porém, foi encontrado pela primeira vez no Japão.

Publicidade

O achado foi na ilha de Iriomote (Okinawa), a qual fica perto de Ishigaki. Para os especialistas essa descoberta é valiosa pois revela um pouco mais sobre a ecologia do país.

Ele cria uma toca de calcário que cresce até mais de 1,5 metro e cobre o corpo como uma chaminé. A principal fonte de energia é o sulfeto de hidrogênio, que é prejudicial ao corpo humano.

Molusco bivalve mais comprido do mundo (NHK)

Em 2019, o diretor Hiroyuki Ozawa do Instituto de Pesquisa Total Kankyo do Centro e outros investigaram a distribuição de organismos na Baía de Funauki, na parte noroeste da Ilha de Iriomote. Encontrou apenas uma parte desse molusco bivalve.

Mas, na sua nova investigação, em outubro do ano passado, encontrou a toca do corpo principal com comprimento total de 1 metro. E comemorou a vitória porque conseguiu fotografá-lo vivo, o que é raro no mundo.

Takuma Haga, pesquisador-chefe do Museu Nacional de Natureza e Ciência, que está familiarizado com a ecologia dos mariscos, disse que é um passo à frente para compreender como vive esse bivalve.  

Fontes: NHK e Okinawa Times

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Previsão de temperaturas mais elevadas, inclusive no Golden Week

Publicado em 8 de abril de 2022, em Tempo

Embora seja primavera haverá dias de calor incomum e pouca chuva em quase todo arquipélago.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Girassol (PxFuel)

A AMJ-Agência de Meteorologia do Japão informou na quinta-feira (7) sobre as tendências da temperatura e pluviosidade no país nos próximos 30 dias. 

Publicidade

Espera-se que a temperatura continue elevada nas próximas semanas por causa da massa de ar quente, o qual possivelmente fluirá do sul, subindo o termômetro do leste ao norte do Japão.  

A neve ainda permanece nas regiões montanhosas de Hokuriku e também em Hokkaido. Mas com a elevação da temperatura poderá derreter rapidamente e isso requer cuidado, pois podem ocorrer avalanches e inundações dos rios.  

Água para hidratar o corpo (PxHere)

É muito importante tomar cuidado prevenindo-se da desidratação para não sofrer insolação fora de época, pois haverá dias cujo pico da temperatura poderá chegar a 30ºC, incomum na primavera.

Com os dias mais quentes, a prática de esportes e os passeios ao ar livre são convidativos, mas é preciso ingerir muita água.

Em relação à precipitação, de Hokkaido a Kyushu, deverá ser normal, mas em Amami e Okinawa, deverá ter mais chuva do que a média anual.

Fonte: WeatherNews

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência